Cemitério da Recoleta, um passeio lúgubre e encantador

Destino certo dos turistas, o Cemitério da Recoleta é considerado um dos cemitérios mais belos e visitados do mundo. O local chama a atenção pela sua arquitetura, com mausoléus desenhados por arquitetos famosos e esculturas variadas, além do capricho que pode ser percebido na confecção dos jazigos. Com espaço amplo para o trânsito de pedestres, caminhar pelo Cemitério da Recoleta é como fazer uma visita a um museu.

Cemitério da Recoleta: O que fazer em Buenos Aires
Cemitério da Recoleta é angustiantemente belo. Foto: iStock, Getty Images

Por que visitar o Cemitério da Recoleta

Outro atrativo do cemitério são as personalidades enterradas. Além de abrigar os restos de famílias tradicionais argentinas, no local também estão enterrados heróis, políticos, presidentes e artistas famosos. O destaque é a sepultura da ex-primeira dama, Evita Perón, cujo túmulo é um dos mais procurados e fotografados pelos visitantes.

O Cemitério da Recoleta foi inaugurado em 1822, após deixar de ser um monastério. Localizado no bairro da Recoleta, um dos mais nobres da cidade, o cemitério ocupa seis hectares. Para quem quiser saber mais sobre principais túmulos, a visita guiada é uma ótima opção. O cemitério fica aberto diariamente, das 7h às 17h45min, e a entrada é gratuita.

Endereço: Esquina da Av.Quintana com Junín, bairro da Recoleta.

Mapa

Funcionamento: Diariamente, das 7h às 17h45min.

Ingressos: Entrada gratuita.

Site do Cemitério da Recoleta

Conheça outros pontos turísticos de Buenos Aires


1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta