Roteiro de 1 dia em Bento Gonçalves

Se você vai dar apenas uma passadinha em Bento Gonçalves, a primeira dica é começar a programação cedo para aproveitar ao máximo as atrações dessa belíssima cidade da Serra Gaúcha. Os pontos turísticos já começam na entrada, onde o pórtico em formato de pipa (barril de vinho) anuncia a chegada à terra da uva e do vinho. A seguir, veja sugestões de passeios para um roteiro de 1 dia em Bento Gonçalves.

Atrações para seu roteiro de 1 dia em Bento Gonçalves

A primeira providência ao sair do carro e tirar fotos no pórtico de Bento Gonçalves é entrar no local, que abriga um centro de informações turísticas. Ali você pode pegar um mapinha detalhado do turismo na cidade e tirar dúvidas sobre os passeios que pretende realizar.

Depois, o primeiro passeio obrigatório é visitar o famoso Vale dos Vinhedos. Você pode ir de carro mesmo, pois a região é bem sinalizada. Não tem como se perder. Além disso, peça ajuda no centro turístico para definir bem qual será seu roteiro por lá, já que há muitas vinícolas e possibilidades de degustação.

Com dezenas de vinícolas espalhadas pela rota, você não vai conseguir visitar todas, mas a tradicional Casa Valduga e a Vinícola Miolo merecem uma atenção especial. Esse passeio deve render algumas horas e você vai degustar muito vinho e beliscar deliciosos queijos e salames.

Para o almoço, a região conta com diversas opções de restaurantes, que oferecem a deliciosa e farta comida italiana. Na parte da tarde, o roteiro se concentra nos pontos turísticos localizados no centro da cidade. A primeira visita é na Praça Achyles Mincarone, localizada na esquina das ruas Xingu e Henry Hugo Dreher, no bairro São Bento.

Depois de tanta bebida e comida, aproveite para descansar e fazer um reconhecimento do local. Lá você encontra o Monumento aos Imigrantes Italianos e a Igreja São Bento, famosa por seu formato de pipa, assim como o pórtico.

Passeio de Maria Fumaça em Bento Gonçalves

Uma outra atração interessante para seu roteiro em Bento Gonçalves é o passeio de Maria Fumaça. O trajeto da praça até a Estação Ferroviária, que fica na rua Duque de Caxias, s/ nº, no bairro Cidade Alta, é de aproximadamente 2 km, então você vai perder poucos minutos nesse deslocamento.

Se for a pé, a caminhada deve demorar cerca de 20 min. No passeio de trem a vapor, que vai de Bento até Carlos Barbosa (ou vice-versa) e tem duração aproximada de duas horas, você vai sentir a alegria e o costumes dos imigrantes italianos, traduzidos na comida, bebida, na música e nas encenações teatrais.

Informe-se no site sobre preços e horários e, caso o horário de saída do trem não feche com o roteiro aqui sugerido, você pode trocar e fazer primeiro o passeio de Maria Fumaça e depois a visita à praça. De qualquer forma, é possível que, com tão pouco tempo na cidade, você precise deixar esse passeio para outro dia. Fazer o quê, né? Vai ter que voltar… 🙂

Caminhos de Pedra em Bento Gonçalves

Um passeio muito bonito que pode entrar no lugar da Maria Fumaça para quem tem pouco tempo na cidade é o Caminhos de Pedra, uma rota idílica pela história da colonização italiana em Bento Gonçalves. A rota de 12 quilômetros passa por belas paisagens, cantinas coloniais, teares, lojinhas com produtos locais e pequenos restaurantes.

O passeio conta com imagens como estas:

Caminhos de Pedra em Bento Gonçalves

Caminhos de Pedra em Bento Gonçalves

Com esse roteiro você vai conhecer as atrações que caracterizam a fama de Bento Gonçalves, além de degustar deliciosos vinhos e experimentar a culinária italiana.

E aí, o que achou das dicas e atrações de Bento Gonçalves? Faltou algum ponto turístico no roteiro? Comente 😉

3 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta