Explore 4 atrações de Ouro Preto, em Minas Gerais

Ouro Preto, em Minas Gerais, é uma cidade que ainda guarda as raízes de um Brasil recém-descoberto. A região foi tombada como Patrimônio Histórico da Humanidade em 1980. O objetivo? Preservar sua riqueza arquitetônica e cultural, que aparece nas ladeiras de paralelepípedos, nas casas em estilo colonial e nos monumentos barrocos. ⛪️

O próprio nome do município – Ouro Preto – faz referência ao período em que o Brasil se encontrava sob domínio português e tinha o ouro como base de suas riquezas, especialmente na região de Minas. Os reflexos desse período também aparecem nos traços arquitetônicos e artísticos da cidade.

Mas nem só de história Ouro Preto é feita. Gastronomia, arborização e aventura também esperam pelos visitantes na cidade. Confira, a seguir, nossas dicas para o seu roteiro.

Ouro Preto
Ouro Preto tem atrações gastronômicas, ecológicas e históricas. Foto: iStock, Getty Images

Top 4 atrações de Ouro Preto

Veja as dicas para o seu itinerário em Ouro Preto:

Arte barroca

Igreja de São Francisco de Assis - Ouro Preto - Brasil
Igreja de São Francisco de Assis, uma obra prima de Aleijadinho. Foto: iStock, Getty Images

Devido à riqueza proporcionada pelo ouro extraído nas minas da região, Ouro Preto foi agraciada com algumas construções imponentes no estilo barroco – um dos mais ostensivos. Ele era especialidade do arquiteto Antônio Francisco Lisboa, conhecido como Aleijadinho

Na prática, isso significa que a cidade possui diversos monumentos ricos em detalhes adornados – que merecem uma visitinha.

Dentre eles, é possível citar principalmente a Igreja de São Francisco de Assis, a Igreja Nossa Senhora do Carmo e a Matriz de Nossa Senhora do Pilar. Esta última levou impressionantes 400 kg de ouro em sua construção.

Parques

 Parque Estadual do Itacolomi
No Parque Estadual do Itacolomi, o turista pode se aventurar em trilhas. Foto: Evandro Rodney, CC BY 3.0

Se você curte ecoturismo, vai gostar de Ouro Preto. Em suas imediações ficam dois charmosos parques: o Horto dos Contos e o Parque Estadual do Itacolomi. O primeiro corta o centro histórico da cidade, tem mata preservada e foi considerado o segundo Jardim Botânico do Brasil. Possui duas trilhas, fontes, mirantes e estrutura de lazer. Perfeito para relaxar.

Já o Parque Estadual do Itacolomi tem 75 km² de extensão, pelos quais é possível fazer trilhas de 4 até 40 km. Além de percorrer o trajeto em meio ao verde, o brinde é uma vista panorâmica do alto do Pico do Itacolomi, a 1.700 metros de altitude.

A reserva também abriga mirantes naturais e construções históricas – a exemplo da Casa do Bandeirista, erguida no início do século 18, e do Museu do Chá, que abriga máquinas alemãs da década de 20.

Restaurantes

Tropeiro
Não deixe de experimentar o feijão tropeiro em Minas. Foto: iStock, Getty Images

Minas Gerais é sinônimo de boa gastronomia. Portanto, explorar os restaurantes de Ouro Preto é uma atração imperdível na cidade. Um dos mais tradicionais é o Contos de Réis, restaurante que opera na senzala de um casarão preservado do século 18. Nele, a tradicional comida mineira é servida em panelas de pedra.

No menu, entram iguarias como tutu à mineira, pastel de angu, costelinha de Minas e feijão tropeiro. Não dispense a sobremesa: que tal provar um delicioso doce de abóbora ou de cidra?

Artesanato

Artesanato em Ouro Preto
Feirinhas de artesanato são tradição em Ouro Preto. Foto: iStock, Getty Images

Tradicional em Ouro Preto, a feirinha de artesanato em pedra-sabão é uma atração bacana para quem deseja adquirir lembrancinhas e levar consigo um pedacinho da arte da cidade para casa. Lá é possível encontrar tabuleiros de jogos, esculturas e vasos – todos esculpidos com a pedra que era muito utilizada por Aleijadinho.

As feirinhas ocorrem diariamente, no Largo de Coimbra e pela Avenida Padre Rolim.

Por que conhecer Ouro Preto, em Minas Gerais?

Além de ser uma cidade com opções de passeios amplas e diversificadas, Ouro Preto é o local perfeito para embarcar em uma viagem ao passado. O município foi palco de uma das mais importantes manifestações históricas e culturais do período da descoberta do ouro no país: a Inconfidência Mineira.

A revolta, que ocorreu no século 18, confrontava a exploração portuguesa sobre o povo, devido às altas taxas de impostos sobre o minério. Também tinha por objetivo  implantar o sistema de governo republicano no país. Os inconfidentes eram membros da elite mineira, como poetas, padres e donos de minas.

O principal mártir do motim foi Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, que acabou enforcado na praça da cidade em 21 de abril de 1792. A revolta foi completamente abortada abortada pela Coroa Portuguesa em 1789.

Em Ouro Preto, você pode reviver um pouco da história e descobrir mais detalhes sobre o período colonial no Museu da Inconfidência Mineira. Ficou interessado? Neste artigo, O que fazer em Ouro Preto, entregamos mais algumas sugestões para você montar o itinerário.

Ah, e aproveite para nos contar: qual atração em Ouro Preto, Minas Gerais, você mais gostaria de visitar? Comente. 😉

Deixe uma resposta