Explore 5 pontos turísticos do Rio Grande do Sul

Procurando quais são os pontos turísticos do Rio Grande do Sul? Você vai se surpreender. O estado reserva atrações aos visitantes tanto no inverno quanto no verão. Nos dias frios, a Serra Gaúcha é o destino ideal para um passeio romântico. Já quando as temperaturas sobem, a sugestão é rumar para o litoral norte ou sul.

O Rio Grande é repleto de belas paisagens: nos campos e florestas que cobrem o estado, o visitante se depara com charmosas araucárias – especialmente na região dos planaltos. Na parte serrana, as hortênsias protagonizam um visual digno dos jardins europeus. O território ainda é agraciado com imponentes cânions e charmosas coxilhas. 🌾🌼🌲

Ao procurar por imagens do RS, você rapidamente vai entender o motivo pelo qual vale a pena turistar no sul do Brasil. Para incrementar o roteiro, confira nossas cinco dicas abaixo. ✌️

Top 5 pontos turísticos do Rio Grande do Sul

Contemple as belas imagens abaixo, que certamente vão convencê-lo a conhecer os top 5 pontos turísticos do Rio Grande do Sul.

1. Cânion do Itaimbezinho

Cambará
Itaimbezinho é o grande destaque de Cambará. Foto:
Rafael Nicolaidis, CC BY 2.0

Bem na divisa com o estado de Santa Catarina, o Rio Grande do Sul reserva belas surpresas aos amantes de ecoturismo. No Parque Nacional Aparados da Serra, é possível percorrer uma trilha até uma área cercada de cânions.

O principal deles é o chamado “Cânion do Itaimbezinho”, com 5,8 km de extensão, 2 km de largura e impressionantes 700 m de altura. Certamente é um dos cartões-postais do Rio Grande do Sul.

2. Parque da Guarita

Guarita Park
Praia da Guarita é um cantinho apaixonante em Torres. Foto: iStock, Getty Images

Outro ponto precioso na divisa entre o Rio Grande do Sul e o estado de Santa Catarina é o Parque da Guarita, em Torres – mais precisamente no litoral norte. Ele foi criado em  1971, com o intuito de proteger o cenário geológico existente nessa área, hoje considerada uma Unidade de Conservação. É preciso pagar R$8 para acessá-la de carro.

O Parque da Guarita abriga a Praia da Guarita, com águas transparentes e cercada por enormes paredões rochosos. Um deles, chamado de “Morro da Guarita”, pode ser acessado por uma trilha e garante uma vista panorâmica da área.

3. Praia do Hermenegildo

Hermenegildo
A charmosa praia do “Hermena”. Foto: andrecardoso, CC BY 2.0

No outro extremo do estado, a Praia do Hermenegildo emoldura o sul do Rio Grande – mais especificamente no município de Santa Vitória do Palmar. Por sua localização, ela é muito frequentada por veranistas uruguaios e argentinos. Além de bela, a praia é propícia para a prática de esportes como surf, stand up paddle e bodyboard.

4. Lago Negro

Lago Negro
Lago Negro é uma das principais atrações de Gramado. Foto: Diego Bezerra, CC BY-SA 2.0

O Lago Negro é um dos principais símbolos da cidade de Gramado, uma das mais regiões procuradas pelos turistas no Rio Grande do Sul. O local reúne o que há de melhor na Serra: um cenário belo e emoldurado por pinheiros, azaleias e hortênsias. Rende lindas fotos românticas de recordação e a entrada é gratuita.

5. Ruínas Jesuíticas de São Miguel

São Miguel das Missões
São Miguel das Missões e suas ruínas são históricas. Foto: iStock, Getty Images

No noroeste do Estado, o passado do Rio Grande marcado pela colonização dos espanhóis ainda se faz presente. No Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo (Patrimônio da Humanidade), o visitante pode contemplar as ruínas remanescentes do período em que os jesuítas da Companhia de Jesus foram enviados ao Brasil.

Foi ali que, em 1549, os padres passaram a ensinar a doutrina católica e os costumes europeus aos povos indígenas que habitavam a região. O local é completamente histórico: ele abriga moradores das mais diversas etnias, desde alemães, italianos, e poloneses, até franceses, portugueses e espanhóis.

Regiões e pontos turísticos do Rio Grande do Sul

É claro que apenas cinco pontos turísticos não dão conta de tudo o que o Rio Grande do Sul tem para mostrar aos visitantes. Os pontos citados, na verdade, são alguns símbolos das principais regiões turísticas do estado: o litoral sul e norte, a Serra Gaúcha e as Missões, principalmente.

Na região serrana, o visitante se depara com vinhedos, chocolates artesanais e parques ecológicos como opções de passeios: além de Gramado, vale conhecer Canela, Bento Gonçalves e Caxias do Sul. No litoral sul, a Praia da Barra do Chuí, bem na fronteira com o Uruguai, é outro destaque.

Na região das Missões, principalmente em São Miguel, vale a pena ir além das ruín3as e conhecer o Museu das Missões, que traduz um pouco da história do local. Se quiser descobrir mais sobre as áreas mais interessantes e históricas do RS, sugerimos este artigo: Turismo no Rio Grande do Sul: regiões e passeios imperdíveis.

Gostou de conhecer os pontos turísticos do Rio Grande do Sul? Quais você vai visitar? Comente. 😉


Deixe uma resposta