Recoleta em Buenos Aires: conheça este charmoso bairro portenho

Nobre e aristocrático, o bairro Recoleta em Buenos Aires pode ser o local perfeito para uma caminhada quando você estiver explorando a capital portenha. Prédios históricos com bela arquitetura, cafés, restaurantes e praças arborizadas são alguns dos atrativos que fazem essa área da cidade se parecer muito com um pedacinho da Europa.

Mas por onde começar? Quais são os pontos de parada obrigatórios no Recoleta? É isso que vamos mostrar a seguir. 😉

Recoleta
Recoleta reúne charme e história em uma das áreas mais nobres de Buenos Aires. Foto: Flavio Ensiki, CC BY 2.0

4 atrações do Recoleta, em Buenos Aires

Cerca de 30 minutos de caminhada (Casa Rosada como ponto de referência) separam o bairro Recoleta da área central de Buenos Aires. Mesmo com suas construções no estilo belle époque, o Recoleta não é um local esnobe ou arrogante. Qualquer visitante poderá se sentir bem-vindo ali.

No seu itinerário pelo local, certifique-se de incluir os seguintes pontos:

1. Cemitério da Recoleta

Cemitério
Cemitério do Recoleta: local do sono eterno de aristocratas argentinos. Foto: iStock, Getty Images

Você pode até estranhar que uma visita a um cemitério seja indispensável nos seus dias de férias. Mas, ao conhecer o Cemitério da Recoleta, vai perceber rapidamente que o local não tem nada de fúnebre. Seus mais de 70 túmulos são tão belos, que foram declarados Patrimônio Histórico Nacional.

O grande barato do local é que ali repousam alguns dos nomes mais importantes da elite portenha, como políticos, militares, artistas, sacerdotes, poetas e heróis da pátria. O túmulo mais procurado, sem dúvidas, é o de Eva Perón, a Evita, ex-primeira dama.

No cemitério, você ainda vai se deparar com belíssimas esculturas de mármore e bronze em forma de anjos e virgens, além de vitrais. É um passeio super agradável.

Endereço: Calle Junín, 1760 –  Recoleta

Funcionamento: todos os dias, das 7h às 17h30. Entrada gratuita.

2. Centro Cultural Recoleta

Centro Cultural
Centro Cultural promove espetáculos artísticos em Buenos Aires. Foto: Milla Museos, CC BY 2.0

Se você é um apreciador de arte, não deixe de conhecer o Centro Cultural do Recoleta. Em um prédio datado do século 19, ele reúne 27 salas que mantêm exposições artísticas e apresentações musicais na programação. Vale conferir a agenda e descobrir os atrativos para a data de sua visita.

Algumas atrações são gratuitas, outras têm custo. Verifique direto no site.

Endereço: Calle Junín, 1930 – Recoleta

3. Museo Nacional de Bellas Artes

Museo Nacional
Museo Nacional: um dos acervos mais importantes da América Latina. Foto: es:Sking, CC BY-SA 3.0

Outra alternativa de passeio cultural é conhecer o Museo Nacional de Bellas Artes, que abriga as maiores relíquias de arte do país. Além de um andar inteiro dedicado a exposições de artistas argentinos, lá você vai se deparar com esculturas de Rodin, obras de Picasso e Rembrandt.

Criado em 1895, ele é considerado até hoje um dos museus mais importantes da América Latina.

Endereço: Av. Libertador, 1473 – Recoleta

Funcionamento: de terça a sexta-feira, das 12h30 às 20h30. Sábados e domingos das 9h30 às 20h30. Fechado às segundas-feiras.

Entrada: Gratuita

4. Av. Alvear

Avenida Alvear
Avenida Alvear reúne grifes de luxo. Foto: Barcex, CC BY-SA 3.0

Em qualquer viagem, fazer algumas comprinhas é ótimo. Pode-se dizer que a Avenida Alvear, no Recoleta, é uma espécie de Champs-Élysées da Argentina. Em seus sete quarteirões, ela reúne grifes de luxo, além de residências neoclássicas – inclusive o Palácio Pereda, lar do embaixador brasileiro no país .

Caminhe com calma, aprecie a bela paisagem e desfrute da beleza do local. Só não se empolgue na hora de passar o cartão de crédito. 😂

Gastronomia e cultura no Recoleta

Quando estiver caminhando pelo recoleta e a fome bater, opções de estabelecimentos para acalmar o estômago vão estar à disposição. No El Sanjuanino, por exemplo, você poderá degustar saborosas empanadas, enquanto no La Querência terá a oportunidade de provar deliciosas panquecas de dulce de leche.

Se estiver em busca de um café, sugerimos o La Biela (fundado no século 20). Outra opção é ir até a gigante livraria El Ateneo Grand Splendid, onde você pode degustar a bebida enquanto folheia clássicos argentinos. O tradicional chá da tarde do Hotel Alvear (luxuoso, mas acessível), também fica à disposição dos visitantes.

E aí, curtiu as dicas para o seu passeio pela Recoleta, em Buenos Aires? Comente.

Deixe uma resposta