Como planejar sua viagem de cruzeiro

Uma viagem de cruzeiro exige bastante planejamento, e é esse o tema do texto de hoje. Neste artigo, vamos entender como você deve pesquisar, comparar e comprar as melhores opções e pacotes para garantir uma experiência completa a bordo.

Além da possibilidade de poder viajar em navios com uma infraestrutura completa de lazer, esses passeios permitem conhecer o litoral de diferentes países e regiões.

Mas, se você não se preparar, pode ter surpresas desagradáveis antes, durante e depois da viagem. Quer garantir um cruzeiro tranquilo? Então siga a leitura.

O que é importante saber sobre viagens de cruzeiro

Uma viagem de cruzeiro é diferente dos passeios tradicionais. Nem sempre as pessoas têm essas diferenças claras, e acabam se decepcionando ao não poder conhecer bem os lugares de parada ou por não poder atracar em ilhas perdidas no oceano para curtir uma paisagem ao melhor estilo Júlio Verne e sua “Ilha Misteriosa”.

Então, veja abaixo o que é fundamental saber sobre as viagens de cruzeiro.

Visitas curtas x imersão

Viagens de cruzeiro não são do tipo imersão, ou seja, você não vai parar em um país e mergulhar na cultura e na vida local. Esse seria o caso de uma viagem tradicional ou de um mochilão. As viagens de cruzeiro são uma espécie de degustação das paradas programadas. Em média, as visitas em cada porto costumam durar de cinco a nove horas, sendo que o mais comum é que o navio chegue de manhã e zarpe novamente ao final do dia.

Assim, o tempo para aproveitar cada parada é exíguo e não permite que você vá muito longe ou possa fazer uma turnê completa. Na hora de fazer os pequenos roteiros para cada lugar de parada, tenha em mente que o tempo é limitado.

Caso você sonhe em conhecer um lugar em especial, talvez seja melhor deixar para uma viagem tradicional para poder ir e passar alguns dias na cidade.

Tamanho das embarcações

Outra questão importante é o tamanho dos navios. As embarcações maiores só podem atracar em ilhas e portos com infraestrutura adequada para recebê-los. Isso limita as paradas às cidades mais urbanizadas.

Para visitar pequenas ilhas e locais mais naturais, sem muita presença urbana, será preciso escolher uma embarcação menor. Nesse caso, trata-se de uma escolha de compromisso. Navios menores não têm tantas atrações e estrutura a bordo, mas podem oferecer destinos mais exóticos e sem restrições de portos grandes. Navios maiores já possuem uma grande variedade de opções de lazer-, mas não podem fazer paradas em ilhas sem boa infraestrutura portuária. Escolha o tamanho do navio de acordo com o seu perfil.

Cruzeiro
Cruzeiro é opção atraente de viagem. Foto: iStock, Getty Images

Passo a passo para planejar seu cruzeiro

Sabendo dos dois cuidados principais, você já pode começar a se organizar com esse breve guia passo a passo. Ao final, com as nossas dicas práticas, você estará pronto para escolher o seu cruzeiro.

1 – Escolha destino

A primeira coisa é saber para onde você quer ir. Existem cruzeiros em todo o mundo, desde a costa brasileira até viagens por diferentes países do Mediterrâneo ou do Caribe.

2 – Estipule seus limites financeiros

Determine qual o seu orçamento para a viagem, ele vai ser determinante para fazer as próximas escolhas.

3 – Pesquise e escolha a operadora e a viagem

Existem diversas operadoras de cruzeiro, todas oferecendo diferentes trajetos de viagem com durações que geralmente ficam entre 4 e 7 dias. É importante pesquisar muito bem para encontrar uma viagem que atenda suas preferências e seu orçamento.

4  – Escolha o tipo de cabine

O tipo de cabine influencia diretamente no preço final e também na experiência durante a viagem. Novamente, pesquisar os preços em diferentes operadoras é fundamental.

5 – Faça um pequeno roteiro para cada parada de viagem

As paradas possuem tempo limitado e não é possível fazer muita coisa.Ter um roteiro pré-programado é importante para não desperdiçar tempo.

6 – Organize a documentação e conheça a programação do navio

Por fim, cada parada pode demandar documentos específicos, pesquise com antecedência tudo que você precisa para visitar cada parada da viagem. Outro ponto que tem que constar no planejamento é conhecer a programação do cruzeiro com bastante antecedência. Algumas atrações a bordo exigem reserva e é bom já fazer tudo com antecedência.

Antes de você ir correndo para o computador fazer as pesquisas e reservar sua viagem, confira as nossas dicas práticas.

Dicas práticas para a viagem de cruzeiro

Essas dicas são para você aproveitar cada minuto da viagem e não gastar dinheiro à toa. Aliás, a primeira dica é exatamente sobre dinheiro.

Preços

A viagem de cruzeiro, além da reserva da cabine e da viagem em si, inclui uma série de outros preços. Alimentos, bebidas e atrações especiais a bordo do navio são todas pagas, seja individualmente pelos viajantes ou como parte de um pacote all-inclusive.

As excursões e guias em cada parada também são pagas e esses locais sempre estão cheios de guias turísticos locais que nem sempre cobram preços justos. Como o tempo é curto, fazer uma pesquisa prévia e passear por conta própria é altamente recomendado.

Experiência pessoal x Um grande hotel flutuante

Os navios maiores são como grandes redes de hotéis. Neles não há tratamento diferenciado, é como se vocẽ estivesse em um grande hotel flutuante. É preciso respeitar os horários e se ater às reservas e limitações das atrações.

Os navios menores costumam ser aqueles que oferecem serviços diferenciados, focados na experiência pessoal e em viagens para destinos menos badalados e com menos infraestrutura turística tradicional.

Decida qual tipo de viagem você prefere e escolha um navio condizente.

Atrações a bordo

Serviços especiais como spas, shows possuem limitações de reserva e é fundamental verificar com antecedência. Mesmo nas propostas all-inclusive, em que o cliente paga para ter incluído no pacote todos os serviços e alimentação, é necessário se atentar à agenda de reservas.

Como conhecer os locais de parada?

Como o tempo em cada parada é limitado, é melhor se locomover de carro e táxi do que por transporte público, especialmente por conta dos horários. Com mais mobilidade você pode ir a mais lugares e não correr o risco de perder o horário de volta do navio.

Agora você está pronta para planejar sua viagem de cruzeiro e aproveitar o máximo o passeio. Não economize tempo na hora de pesquisar as viagens e operadoras disponíveis. Quando voltar, compartilhe sua experiência conosco deixando um comentário por aqui!

Compartilhar

Deixe uma resposta