Kilmainham Gaol: um passeio pela prisão de Dublin

Quer conhecer um pouco da história de Dublin de uma maneira inusitada? Então comece pela prisão mais famosa da Irlanda, a Kilmainham Gaol. Construída em 1796, ela serviu de cenário para torturas, prisões de rebeldes e o enclausuramento de figuras notórias. Atualmente, configura-se como uma das maiores prisões desocupadas em toda a Europa.

Tour pela prisão Kilmainham Gaol

Até 1820, enforcamentos públicos eram realizados seguidamente em frente à prisão. A partir daí, esse tipo de execução tornou-se mais rara – ou menos pública. Em 1891, foi construída uma cela especial para enforcamentos.

Kilmainham Gaol, prisão de Dublin
Kilmainham Gaol é um passeio pela história de crimes de Dublin. Foto: iStock, Getty Images

Não havia distinção entre prisioneiros. Independentemente do crime, mulheres, crianças e homens misturavam-se em celas de cinco pessoas. Como os prisioneiros recebiam, a cada duas semanas, apenas uma vela para iluminação e aquecimento, eles passavam frio boa parte do tempo.

Operada alternadamente por ingleses e por nacionalistas irlandeses, a prisão de Dublin tem muita história para contar. Quem se encarrega da tarefa são os guias, que encarnam personagens e empolgam os visitantes com narrativas interessantes – algumas divertidas e algumas assustadoras.

Endereço: Inchicore Road, Kilmainham, Dublin 8.

Encontre no mapa (a 3,5km do Centro)

Ônibus: No. 69, 79 de Aston Quay Dublin 2; No 13 e 40 de O’Connell St. Dublin 1 or College Green Dublin 2.

Ingressos: Adulto 6 euros / criança 2 euros

Horários de visitação:

Abril a setembro: diariamente das 9h30 às 18h (última entrada às 17h)
Outubro a março: Segunda a sábado, das 9h30 às 17h30 (última entrada às 16h30); domingo, das 10h às 18h (última entrada às 17h).
Fechado nos dias 24, 25 e 26 de dezembro.

Duração: 1h30

Gostou das dicas para visitar a Kilmainham Gaol, a prisão de Dublin? Compartilhe.


Deixe uma resposta