Roteiro de 3 dias em Dublin: as principais atrações da cidade

Se você ficar três dias em Dublin, poderá conhecer lados bem diferentes da cidade. Aproveite se o tempo estiver bom para visitar primeiramente os pontos turísticos ao ar livre.

Roteiro de 3 dias em Dublin

Este roteiro de 3 dias em Dublin é uma sugestão do Mapa do Mundo para a nossa viagem, mas não deve ser seguido à risca. O ideal é que, após esta leitura, você vá atrás de mais informações sobre a capital da República da Irlanda e, depois de reunir bastante material, organize seu próprio itinerário, plenamente adaptado às suas preferências.

Dia 1 em Dublin

Reserve todo o primeiro dia para conhecer Howth. Esse pedaço de Dublin é litorâneo e distante 10km do Centro. Por isso, vá de ônibus ou de trem. Prepare-se e coloque uma roupa confortável, um tênis e uma mochila nas costas para fazer trilhas em meio ao verde e bem pertinho de penhascos.

Howth faz você se sentir em uma cidadezinha do interior, acolhedora e encantadora. Há um cais onde os barcos pesqueiros atracam trazendo peixe fresco para fornecer aos restaurantes que servem o prato típico: Fish and Chips.

Placas indicam o início do caminho, o tempo de duração e o grau de dificuldade de cada trilha. No final do dia, você vai estar bem cansado. Hoje, nada de beber até tarde.

Dia 2 em Dublin

Comece o segundo dia visitando o Phoenix Park. Além de apreciar os jardins espetaculares e a casa do Presidente da Irlanda, que fica dentro do parque, você irá se divertir com os animais no zoológico. O Phoenix é o maior parque da Europa. Portanto você terá muito o que ver no local.

Você pode inclusive parar para comer fazendo um piquenique nos belos gramados para depois seguir o passeio conhecendo Fábrica da Guinness, a Guinness Storehouse. No caminho, está a Heuston Station, estação de trem construída em 1844 e tombada no século 19. Atualmente, recebe centenas de pessoas diariamente, que partem para cidades vizinhas, como Cork, Kildare e Limerick.

Roteiro em Dublin: Fábrica da Guinness
Fábrica da Guinness é um dos destaques do roteiro em Dublin. Foto: iStock, Getty Images

Na Guinness, você irá conhecer todo o processo de produção da cerveja que é símbolo da Irlanda. São quatro andares nos quais o turista encontra um museu que mostra desde a construção da fábrica até os comerciais de televisão e rádio que veicularam ao longo dos anos. No último andar, está o Gravity Bar. Dublin pode ser vista de cima, em 360 graus, enquanto o visitante degusta a pint de Guinness. Antes de ir embora, passe na loja de souvenirs no primeiro andar: você vai encontrar lembranças bem legais da Guinness.

Seguindo o roteiro da tarde, a Henry Street é o local onde você também vai encontrar muitas lojas para comprar presentes. Com preços bem em conta! Dois shoppings estão localizados nessa rua. O Jervis e o ILAC. Para terminar o dia, vá até a O’Connell Street e aproveite um happy hour no Murray’s Bar.

O'Connell Street e a Spire em Dublin
Spire na O’Connell Street, em Dublin. Foot: iStock, Getty Images

Dia 3 em Dublin

Pela manhã, volte para O’Connell Street para aproveitar a luz do dia e fotografar nessa que é a avenida mais importante do Centro da cidade. Procure o melhor ângulo para enquadrar o The Spire, monumento de 120 metros de altura, que parece uma agulha gigante.

Mais adiante, está a O’Connell Brigde. Mais larga do que comprida, ela fica sobre o Rio Liffey. A Trinity College está bem perto. Orgulho dos irlandeses, a Universidade tem um campus lindo e uma biblioteca que guarda uma relíquia. o Livro Kells, obra do século VIII, feito com couro de bezerro e escrita colorida com pedras semipreciosas.

Trinity College de Dublin
Trinity College é uma joia cultural de Dublin. Foto: iStock, Getty Images

Siga para a Grafton Street. Esse calçadão é um palco ao ar livre. Dezenas de talentos – músicos, mágicos e outros artistas – se apresentam por lá para ganhar alguns trocados. Outra atração são as lojas de grandes e famosas marcas. Se a fome bater e você quiser dar uma parada para comer, encontrará boas opções.

À tarde, faça um tour pelos parques. No final da Grafton Street, está o Saint Stephen’s Green Park. Dê uma caminhada lenta para poder apreciar a beleza dos jardins e encontrar o famoso escritor irlandês James Joyce, que ganhou um busto em sua homenagem. Seguindo mais alguns quarteirões, entre no Merrion Square. Lá outro nobre escritor irlandês foi imortalizado, Oscar Wilde. Sua estátua foi colocada em frente à casa em que ele morou.

Oscar Wilde na Merrion Square
Estátua do escritor Oscar Wilde, em Merrion Square. Foto: Alex Lozupone, CC BY-SA 4.0

Saindo do parque, siga para a National Gallery, que fica numa das ruas que circundam o Merrion. Coleções de pinturas de artistas irlandeses, italianos, ingleses, holandeses e franceses estão expostas.

À noite, feche com chave de ouro sua estada em Dublin: vá para o Temple Bar. Essa região boêmia da cidade tem pubs e restaurantes para todos os gostos. Basta entrar em cada um deles e ver qual atmosfera lhe agrada mais. Peça uma pint e desfrute da alegria da música Irish.

Texto: Alessandra Stieler, especial para o Mapa do Mundo

Curtiu as dicas deste roteiro de 3 dias em Dublin? Comente!

E também

Roteiro de 1 dia em Dublin

Roteiro de 2 dias em Dublin

Mais pontos turísticos


Deixe uma resposta