Descubra como fazer uma viagem barata para a Europa

Acredite: é possível fazer uma viagem barata para a Europa. Ao colocar os gastos no papel e pesquisar valores de transporte e hospedagem para fazer um bom itinerário, você consegue economizar. Tudo depende da sua organização e capacidade de deixar o luxo de lado para explorar o Velho Continente. 😎

A economia já começa na compra das passagens. A dica é ter em mente alguns truques para conseguir os bilhetes por preços mais em conta, como pesquisar nos dias e horários certos – com entradas e saídas para diferentes datas -, até encontrar as melhores alternativas.

Depois de escolher o ponto de partida da sua Eurotrip, vale investir mais algum tempo de pesquisa para gastar o mínimo de euros possível durante o percurso. Preparado?

Viagem Barata
Mochilão: forma econômica de explorar a Europa. Foto: iStock, Getty Images

Viagem barata para a Europa: 4 formas de economizar

Anote estes quatro truques: eles são garantia de uma viagem mais barata para a Europa.

1. Fique hospedado em hostels

No Brasil, o conceito de hostel ainda não é muito bem difundido. Mas pergunte a qualquer amigo que já percorreu a Europa e você descobrirá que lá essa é uma forma de hospedagem bem comum. Em hostels, os quartos são compartilhados entre viajantes e as diárias podem custar apenas 10 euros.

Um hostel pode não ser tão confortável quanto um hotel, mas a infraestrutura geralmente também não deixa a desejar. Atualmente, as possibilidades para economizar no quesito hospedagem são cada vez mais amplas: você pode pesquisar opções para dormir em casas ou apartamentos de locais, através do Airbnb ou da rede Couchsurfing.

2. Viaje com companhias low cost

Na Europa, é fácil se locomover entre diferentes países – especialmente aqueles inseridos no Espaço Shengen. Para economizar, é sempre bom estudar bem o itinerário: dependendo da distância entre um e outro, a melhor alternativa é investir em um voo low cost – você economiza tempo e dinheiro.

Voos low cost podem custar menos de 20 euros, se você conseguir uma boa promoção. No nosso post Voos Low Cost na Europa, já demos várias dicas sobre como conseguir os melhores bilhetes de baixo custo. Além disso, vale fazer simulações de custos dos mesmos trechos com companhias de ônibus ou trem, para confirmar o que sai mais em conta.

No site Rail Europe você consegue fazer simulações de trens e no Flix Bus pode pesquisar rotas de ônibus.

3. Dentro da cidade, ande de bicicleta

Na maioria das cidades europeias, os próprios moradores investem na bicicleta como meio de transporte. As ciclovias são organizadas e respeitadas. Quer economizar no transporte público? Alugue uma bike e explore os principais cartões postais da cidade sobre duas rodas. 🚲

4. Faça sua própria comida

É claro que experimentar a culinária local é indispensável durante uma viagem. Mas, se você não quer extrapolar o orçamento, a dica é fazer poucas refeições em restaurantes.

Prefira comprar ingredientes ou lanches nos supermercados e fazer sua própria comida na cozinha compartilhada do hostel – ou até mesmo ao ar livre. Parques e praças ideais para um piquenique não faltam na Europa.

Cidades de baixo custo na sua viagem barata para a Europa

Se você não tem a mínima ideia do custo de vida em uma cidade europeia, vale ficar de olho em algumas dicas que ajudam a economizar. No site Expatistan, você pode comparar uma média de gastos com transporte, acomodação, alimentação e outros fatores entre diferentes cidades no Velho Continente, para então decidir seu destino.

Além disso, muitos viajantes já constataram que algumas cidades da Europa pesam menos no bolso do visitante: um roteiro pelo leste europeu costuma sair bem em conta, pois países como Polônia, Hungria e República Checa oferecem hospedagem, transporte e alimentação por custos menos expressivos. Na Rússia e na Turquia também há destinos baratos.

Quer desembolsar, no máximo, uma média de 50 euros por dia? Neste caso, vale considerar opções de destinos como Madrid, na Espanha, Berlim ou Frankfurt, na Alemanha ou até Lisboa, em Portugal. Simule bastante, mas lembre-se: no fim das contas, o mais importante é que você saiba economizar no dia a dia para ficar dentro do orçamento previsto.

E aí, descobriu como fazer uma viagem barata para a Europa? Tem mais alguma dica a acrescentar? Comente! 😀

Deixe uma resposta