A pé? De carro? De táxi? Saiba qual a melhor forma de conhecer os pontos turísticos

Avaliação: (5,00 / 5)

Uma das principais dúvidas dos turistas que frequentam Gramado é a distância entre os pontos turísticos, e qual é a melhor forma (meio de transporte) de chegar até eles. Se você vier de carro, pode conhecer tudo, tranquilamente. Mas não esqueça que em época de grandes eventos, como o Natal Luz e Chocofest, a cidade fica lotada, e pode ser difícil conseguir estacionamento. Portanto, algumas vezes o turismo a pé é a melhor opção.

Para conhecer a pé

Vou tomar como “ponto de partida” a Rua Coberta, que fica bem no Centro, porque cada visitante vai se hospedar na região que achar mais conveniente, mas a referência vai ser sempre o “centrinho” de Gramado. A Av. Borges de Medeiros concentra os principais pontos turísticos da cidade, e você vai poder conhecê-los a pé, sem precisar caminhar muito. A Praça Major Nicoletti, a Rua Coberta, a Igreja São Pedro, o Palácio dos Festivais e o Largo da Borges ficam todos na mesma quadra.

A 5 min. da Rua Coberta também fica a Igreja do Relógio, onde você pode ter uma bela vista da cidade de Gramado. Na outra direção, a poucas quadras, fica a Aldeia do Papai Noel, que também merece uma visita. Saindo da Rua Coberta, em no máximo 10 minutinhos você chega lá. Se estiver com tempo, vale caminhar mais um pouquinho e ir até o Belvedere, para ter uma vista deslumbrante do Vale do Quilombo.  Outro ponto turístico que pode ser visitado a pé, saindo do centro, é a Praça das Etnias (ou Praça das Comunicações), que fica ao lado da rodoviária.

Para conhecer a pé, se você estiver com disposição para caminhar um pouco mais

Além dos pontos turísticos que ficam no centro, ou bem próximos (cerca de 5 a 10 min. de distância, a pé), existem algumas atrações que podem exigir um pouco mais de caminhada. Mas se você estiver com um tênis ou sapato confortável, e estiver com disposição, nada te impede de conhecer esses pontos turísticos a pé. O Lago Joaquina Rita Bier ainda é tranquilo, fica a 15 min. da Rua Coberta. Perto dele, fica outra atração imperdível, o Mini Mundo. Saindo de qualquer um desses dois pontos turísticos, você ainda pode caminhar em direção ao Lago Negro. Vai ser cerca de 20 min. de caminhada, mas se o dia estiver bonito, e você estiver sem pressa, vale a pena!

Agora saindo da Rua Coberta na direção oposta (para Canela) você pode ir a pé, pela Av. Gramado-Canela, e conhecer outros pontos turísticos, que ficam um pouco mais distantes. O primeiro deles é o Museu do Perfume – Fragram, que fica a cerca de 15 min. do Centro. Mais adiante você pode visitar o Museu do automovóvel – Hollywood Dream Cars.

Para conhecer de carro ou de táxi

A Av. das Hortênsias (Estrada Gramado-Canela) ainda concentra outros pontos turísticos, mas que ficam mais distantes, e merecem ser conhecidos de carro. Se você estiver sem carro, pode pegar um táxi ou alugar um carro em Gramado mesmo. As atrações que você vai precisar conhecer de carro ou de táxi são: Museu de Cera, Harley Motor Show, Super Carros, O Reino do Chocolate, Le Jardin Parque de Lavanda, GramadoZoo, A Mina, Vinícola Ravanello, entre outras.

Da mesma forma que para conhecer as atrações de Canela: Museu da Moda, Parque Temático Mundo Gelado, Cascata do Caracol, Parque da Ferradura e Alpen Park. A opção de conhecer todos esses pontos turísticos de ônibus não foi considerada, porque Gramado não conta com muitas opções de ônibus entre os bairros. Portanto, a melhor forma de conhecer as atrações da cidade é a pé, de táxi, ou de carro, conforme você desejar.

Veja sugestões de roteiros em Gramado

Categorias: Dicas, Pontos turísticos

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Sem comentários.

Deixe um comentário