Cuidados para tomar antes de comprar pacote de viagem

Viagem com crianças
Pacotes de viagem podem ter muitas facilidades para famílias. Foto: iStock, Getty Images

O nome já diz tudo: pacote de viagem. Colocar junto em um mesmo pacote tudo que você precisa para viajar e poder se distrair. Seria ótimo se o pacote incluísse apenas a parte boa da viagem: passeios, restaurantes, viagem de avião, trem, pontos turísticos e tantos outros.

A ideia era essa mesmo, mas hoje nem sempre o pacote de viagem traz os benefícios que você espera. Por isso, na hora de fazer negócio, é importante ficar atento para alguns detalhes.

A escolha e compra do pacote é o momento fundamental onde muitas dores de cabeça podem ser evitadas. Quer saber quais são os cuidados mais importantes que você tem que ter em mente antes de comprar o seu pacote de viagem? É isso que vamos revelar a seguir.

Cuidados com o Pacote de viagem

Planejar uma viagem costuma ser tão prazerosa quanto a própria viagem. Talvez não exatamente tão prazeroso quanto, mas as escolhas de qual passeio fazer, quais os melhores restaurantes ir e até mesmo as pesquisas um pouco mais chatas de qual voo ou trem pegar, todas elas são coisas que antecipam o gostinho da viagem e do vento batendo no rosto.

O Pacote de viagem inclui todos esses aspectos. Passagens, Hospedagem, alimentação, passeios turísticos, guias, seguros e muitos outros. Será então que depois de contratado o pacote a viagem está pronta e o sucesso está garantido?

Não é bem assim. As empresas de turismo que oferecem os pacotes também tem os seus riscos, por menores que sejam, e devem ser tomados alguns cuidados.

Imagine que você acabou de comprar o pacote de viagem dos mais caros em uma empresa de turismo famosa em sua região. Aí, um mês antes da data de viagem a empresa pede recuperação judicial. O prejuízo paira no ar nessas horas e a probabilidade dele se concretizar não é das mais pequenas.

Além dos riscos associados à perda do pacote por conta de problemas financeiros da Agência de turismo, é possível também que os serviços do pacote não sejam exatamente tão bonitos e agradáveis como os que você achou ter comprado ou viu no folder da agência.

Nos casos de hospedagem e alimentação, principalmente, diferenças entre o que foi prometido no pacote de viagem e no que foi entregue de verdade podem ser uma pedra no sapato por toda a viagem. Uma dor de cabeça que pode atrapalhar e muito o seu período de férias e descanso.

Vamos conhecer 5 dicas fundamentais para que você não seja pego de surpresa!

5 dicas fundamentais para seu pacote de viagem

Vamos começar pelas mais importantes, isto é, as dicas relacionadas à hospedagem. Depois vamos tratar dos outros aspectos, que apesar de não serem tão grandes como a hospedagem, não são menos importante. Vamos lá.

1. Não vá para um hotel fantasma

Não é recomendado confiar 100% na agência de viagem. Principalmente se você optou por uma agência menor e menos conhecida, exija as informações do hotel ou onde for ficar hospedado e entre em contato de forma independente para confirmar as reservas e os serviços associados.

Seja um e-mail ou mensagem por celular, uma confirmação direta com seu hotel custa pouco tempo e é mais importante do que parece.

2 – Faça um tour virtual

A tecnologia está aí para ser usada a nosso favor, e as várias constelações de satélites espalhadas pela órbita terrestre podem prestar uma bela ajuda à sua viagem. Antes de embarcar para o seu destino, utilize os serviços de mapas como o Google Maps e faça um passeio virtual pela região onde você ficará hospedado e os principais lugares a serem visitados.

Às vezes, uma rápida olhadela nas imagens de satélite pode revelar que o hotel super  bem localizado no centro da sua cidade destino não é exatamente seguro, apesar de bem situado. As cidades são muito diversas e principalmente se o seu destino é um país como Brasil, lembre-se que um mesmo bairro pode ser bem ou mal localizado dependendo do quarteirão exato em que você está.

3 – Verifique o cadastro da Agência de viagens no Ministério do Turismo

Para certificar de que a agência de viagens que você quer contratar é confiável, além de pesquisar sobre a saúde financeira, verifique no site do Ministério do Turismo se ela possui o devido cadastro como prestador de serviços de turismo.

O Ministério do Turismo possui um sistema específico para todas as pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo, o Cadastur. É uma ótima referência para atestar a seriedade de sua agência de turismo e demais prestadores de serviços que você venha a contratar durante a viagem.

4 – Confira as informações e cobertura do seguro de viagem

O seguro de viagem é um dos pontos críticos da organização de um bom pacote de viagem. As recomendações são as seguintes:

  • Tenha muito claro qual a cobertura em termos de serviços e de região atendida que o seguro contratado oferece;
  • Verifique a existência de cláusulas que possam eximir a empresa seguradora de prestar os serviços devidos, como preexistências ou localidades específicas não incluídas no seguro;
  • Pesquise sobre a qualidade da empresa seguradora na internet e busque por recomendações. Se você achar algo de suspeito, não hesite em exigir que sua agência de viagens providencie uma segunda opção;
  • Verifique com antecedência se os contatos disponibilizados pelo seguro estão funcionando e se informe também sobre os procedimentos para acionar o seguro em caso de necessidade.

Tudo que sua viagem menos precisa é que uma emergência surja e você tenha dificuldades para acionar o seguro. Já imaginou o aperto numa hora dessas?!

5 – Busque informações sobre os passeios e guias inclusos no pacote

O pacote de viagem pode ter a descrição mais atraente e idílica que for, é sempre recomendado que você confira com antecedência se os passeios previstos são de qualidade e devidamente legais, além de buscar informações sobre a segurança e pessoas que irão guiar os passeios turísticos e outras atrações pagas.

Você acha que essas dicas podem te ajudar a contratar um pacote de viagem mais seguro e fiável? Pode sim! O grande segredo é não cair no engano de achar que o fato de uma empresa estar responsável por organizar a sua viagem que você está isento de verificar e tomar as precauções necessárias.

Por mais que a agência de turismo seja a responsável pelo pacote de viagem, é você quem vai viajar e, caso aconteça, é você quem vai passar os apertos e dissabores decorrentes de qualquer problema da agência. Então, siga nossas dicas e tenha uma boa viagem!

Compartilhar

Deixe uma resposta