Turismo em Praga: atrações e dicas para o roteiro

O turismo em Praga é uma opção imperdível para quem está pensando em fazer roteiro pelo leste europeu.

A capital da República Checa oferece atrações incríveis, história fascinante e preços bem razoáveis para os padrões europeus.

Por isso, nos acompanhe em um passeio pela cidade e conheça as principais atrações e dicas de turismo em Praga

Você vai ver logo que está prestes a descobrir uma das mais belas capitais do velho continente.

Atrações para o turismo em Praga

Praga
Praga é uma das cidades mais belas e baratas de toda a Europa. Foto: iStock, Getty Images

Praga, ou “Prarra”, como dizem os próprios checos, é tão rica de atrações e passeios que a cada esquina você encontra um novo ponto turístico. Ter um roteiro em Praga é altamente recomendado, principalmente se você não dispõe de muito tempo.

Aliás, no mínimo 3 ou 4 dias para conhecer a cidade, viu? E fique avisado que ainda sim você vai embora de coração partido por não ter visto tudo.

Bom, vamos lá: você gosta de castelos? Nossa primeira dica é um dos mais famosos da Europa.

Castelo de Praga

Castelo de Praga
Castelo de Praga é um dos mais bonitos do Velho Continente. Foto: iStock, Getty Images

Pelo nome, você deve achar que é uma construção medieval como tantas outras, certo? Mas o Castelo de Praga na verdade não é apenas um Castelo, e sim um complexo histórico repleto de palácios, igrejas e outras construções históricas.

A Catedral de São Vitus,  o Monastério de São Jorge, o Antigo Palácio Real e o Rosenberg Palace (além de vários outros palácios) e também a Basílica de São Jorge  são as principais atrações do complexo que constitui o Castelo.

Em alguns dias o complexo só abre ao meio-dia e é sempre recomendado chegar cedo para evitar filas. Confira aqui os preços dos ingressos e passeios disponíveis.

Cidade Velha (Staré Město)

A cidade velha é o centro histórico da Cidade das Cem Cúpulas. Cem cúpulas? Sim, esse é um dos apelidos famosos de Praga, dado em função das centenas de torres espalhadas pela cidade.

Na Cidade Velha você vai conhecer a Praça da Cidade Velha, que provavelmente será cruzada mais de uma vez durante os seus passeios. Nessa região do centro histórico estão localizadas a Catedral Týn e a Igreja de São Nicolau. O relógio astronômico, a torre da prefeitura antiga, que possui uma belíssima vista da cidade são outros famosos pontos turísticos da área.

Convento de Santa Agnes

Não muito longe do centro histórico está o Convento de Santa Agnes. Um passeio para quem se interessa por arte e história, aliás, toda a cidade respira arte e história. No Convento há um Museu de Arte Medieval que vale a pena ser conhecido.

Logo após conhecer a cidade velha, visitar o Convento e o Museu Medieval encaixam como uma luva em seu roteiro, pois ficam a poucos quarteirões de distância. E o melhor é que saindo de lá você já estará a poucos metros (tudo bem, algumas centenas de metros, mas ainda assim é perto, né?) do Bairro Judeu, outra atração imperdível.

Bairro Judeu (Josefov)

No bairro judeu as principais atrações são as diversas sinagogas e o cemitério local:

  • Velha-Nova Sinagoga
  • Sinagoga Espanhola
  • Sinagoga Maisel
  • Sinagoga Pinkas
  • Velho Cemitério Judaico.

A Velha-Nova Sinagoga, em checo Staronová synagoga (Staré = velho, Nové = novo),  é a mais antiga Sinagoga de toda a Europa que ainda está em atividade. Uma visita guiada é recomendada para a zona judaica, confira alguns dos passeios aqui.

Ponte Carlos

Ponte Carlos
Ponte Carlos é símbolo de Praga. Foto: iStock, Getty Images

A Ponte Carlos, também chamada de Charles Bridge (Karluv Most em checo) foi a primeira ponte construída sobre o Vltava e até hoje é a principal ligação entre o complexo do Castelo de Praga e a Cidade Velha.

A ponte data de 1350 e até o século 18 foi a única ligação entre as duas margens do rio. Atualmente é uma das principais atrações turísticas da cidade. O pôr-do-sol visto da ponte é muito famoso e um dos motivos do renome da ponte.

Biblioteca do Monastério Strahov (Strahovský kláster)

Pŕóximo ao complexo do Castelo de Praga fica outro complexo muito interessante de ser visitado, o Monastério de Strahov. É uma construção cuja riqueza arquitetônica por si só já vale a visita.

O complexo conta com uma famosa biblioteca que também pode ser visitada. Embora bibliotecas não façam parte da maioria de roteiros turísticos, nesse caso é diferente. Os grandes salões e as coleções de livros raros e antigos justificam o passeio, mesmo que você não seja o mais ávido dos leitores.

Passeio de barco no Vltava

O rio Moldava, como o Vltava é chamado em português, possui várias empresas que oferecem charmosos passeios de barco. Vale a pena e recomendamos inclusive que o passeio seja conjugado com a visita à Ponte Carlos, perto da qual há ótimas opções de passeios de barco.

Petrin Hill e Cidade Nova(Nové Město)

Praga possui uma torre em especial que se destaca entre as outras tantas, trata-se de Petrin Hill. Na verdade, a torre é inspirada na Torre Eiffel e fica em uma colina de área verde. Do alto da torre é possível ver toda a cidade. Há também um palácio de espelhos que pode ser muito interessante caso você esteja com crianças.

Por fim, temos a Cidade Nova, um dos pontos altos do turismo em Praga. Aqui estão a Praça Venceslau e o Museu Nacional de Praga, duas atrações obrigatórias no seu roteiro. O Museu é o mais importante de toda a cidade (e olha que não são poucos os museus concorrentes) e você pode conferir como visitá-lo aqui.

Dicas para o turismo em Praga

Agora que você sabe as principais atrações de Praga, saiba algumas dicas práticas que vão deixar sua viagem ainda melhor.

  • Hotéis da cidade velha são mais caros, mas estão mais próximos da maioria dos pontos turísticos.
  • Hotéis da cidade nova são mais baratos, mas estão um pouco afastados da região turística principal.
  • Andar de táxi em Praga é relativamente barato, mas os taxistas locais não têm boa fama. Tenha seu serviço de GPS em mãos e tente saber com antecedência os preços médios para cada corrida que você vai fazer.
  • Tire um dia para conhecer os museus e torres menos famosos. As atrações principais acabam ofuscando muitos passeios menores mas que são tão interessantes quanto;
  • Uma dica mais pessoal agora. Talvez você queira ler um dos ótimos romances de Milan Kundera e escutar a Sinfonia do Novo Mundo, do Antonin Dvorak antes ou durante a sua viagem. Os dois estão entre os maiores artistas checos e você vai se sentir mais em casa, além de conhecer mais sobre a história local pelos livros de Kundera.

E aí? Preparado para conhecer a capital da República Checa? A cidade e a sua riquíssima vida artística, cultural e arquitetônica não vão decepcioná-lo. 

Programe-se usando as nossas dicas e depois da viagem volte aqui para nos dizer como foi conhecer uma das cidades mais belas da Europa.

Deixe uma resposta