5 cursos de pós-graduação nos Estados Unidos

Você já considerou os cursos de pós-graduação nos Estados Unidos?

Estudar nos EUA significa adentrar o universo das universidades de elite, que formam grandes líderes globais e dominam a vanguarda da ciência e tecnologia.

No país que mais investe em educação no mundo, há oportunidades de sobra para conquistar títulos de MBA, mestrado e PhD.

Inclusive, a maioria dos estudantes internacionais do mundo está nos EUA, e as grandes universidades são famosas por receber estrangeiros e apoiar a internacionalização de seus cursos.

Se você quer conquistar um diferencial competitivo de alto nível e levar uma experiência transformadora na bagagem, escolha a terra da liberdade.

Para ajudar você, selecionamos as melhores universidades e os 5 principais cursos de pós-graduação nos Estados Unidos.

Leia até o final e comece a preparar sua candidatura.

Intercâmbio
Algumas das melhores universidades do mundo estão nos Estados Unidos. Foto: iStock, Getty Images

Principais universidades para pós-graduação nos Estados Unidos

Os Estados Unidos são famosos por concentrar as melhores universidades para pós-graduação.

As instituições do país figuram invictas nos principais rankings de qualidade em educação, e atraem estudantes de todas as nacionalidades.

De acordo com o Migration Policy Institute, os EUA abrigam a maior parte dos estudantes internacionais, com 1,1 milhão dos 4,6 milhões que estudam fora pelo mundo (2017).

As áreas mais procuradas para pós-graduação são engenharia, gestão e negócios, ciência da computação e ciências sociais.

Em termos de nível acadêmico, há quase 400 mil estudantes estrangeiros de PhD, mestrado e MBA, enquanto os alunos de graduação somam aproximadamente 440 mil.

Esses números reforçam a autoridade do país em educação superior, justificando a reputação das grandes universidades.

Um dos rankings mais famosos e reconhecidos é o Top Universities da QS (Quacquarelli Symonds), que seleciona universidades de acordo com critérios como relevância da pesquisa, qualificação dos docentes e empregabilidade.

Na lista mundial de 2019, o Massachusetts Institute of Technology (MIT) de Cambridge é o campeão, que já domina o topo há sete anos.

Não à toa, pois a instituição concentra o estado-da-arte das mais recentes inovações em inteligência artificial, adaptações climáticas e cura de doenças como câncer e AIDS.

Em números, a universidade possui 168 acres de extensão, 12 museus, 60 grupos de atividades como teatro, música e dança, 11.145 alunos e 30 mil empresas abertas em parceria com a indústria.

Em segundo lugar vem a Universidade Stanford, da Califórnia, conhecida por estar no coração do Vale do Silício e ter formado os principais líderes das gigantes tecnológicas como Google, Yahoo e Facebook.

Com 16 mil alunos, a instituição recebeu o apelido de “fábrica de bilionários”, devido ao sucesso de seus alunos no empreendedorismo e inovação.

Em terceiro lugar está a Universidade Harvard, de Cambridge, a mais antiga e tradicional instituição superior dos EUA.

Sua reputação é intocável, tendo formado vários presidentes do país, bilionários e ganhadores do Nobel da Paz.

Outros destaques mundiais são Instituto de Tecnologia da Califórnia, Universidade de Oxford, Universidade de Cambridge, Universidade de Chicago e Universidade de Princeton.

Principais cursos de pós-graduação nos Estados Unidos

Não faltam universidades prestigiadas nos EUA, especialmente no que diz respeito à pós-graduação.

Vamos conhecer os principais cursos e seus diferenciais.

MIT Sloan Executive MBA

Para começar, um dos programas mais ilustres da área de negócios: o MBA Executivo do MIT.

O curso apresenta uma grade densa e uma experiência de aprendizado poderosa, com forte internacionalização e foco na inovação.

Os candidatos selecionados devem possuir um senso de liderança acima da média, diploma de graduação e no mínimo dez anos de experiência no mercado.

O custo total da pós-graduação chega a US$ 178.203,00, considerando cerca de dois anos de duração.

Stanford Computer Science MS Degree

O mestrado em Ciência da Computação de Stanford é um dos melhores cursos para quem deseja se especializar em análise de dados, Big Data e inteligência artificial.

O processo de admissão inclui o envio de três cartas de recomendação de professores e empregadores, além de uma boa pontuação na avaliação geral chamada GRE.

Os cursos são divididos em quadrimestres que oferecem até cinco créditos, com um valor médio de US$ 1.352 por crédito.

MBA Harvard Business School

O programa de MBA da Harvard Business School é um dos mais conceituados do mundo, e consiste em um MBA generalista com opções de especialização em finanças, empreendedorismo, marketing, liderança, entre outras áreas.

O valor do curso fica em torno de US$ 73 mil ao ano, com várias opções de programas que combinam mestrado e MBA.

O perfil do aluno ideal envolve competências de liderança, pensamento analítico e engajamento com a comunidade.

No departamento de ciência da universidade, há diversos programas voltados à inovação que podem ser aproveitados, como os projetos voltados ao crowdsourcing e o aproveitamento do saber coletivo.

Caltech Master Degree

O Instituto de Tecnologia da Califórnia ou Caltech oferece opções de mestrado e PhD nas áreas de Bioengenharia, Engenharia e Ciências Aplicadas, Ciências Planetárias e Geológicas e Física, Matemática e Astronomia.

Dentro do departamento de engenharia, está a divisão de Ciência da Computação, famosa por liderar as pesquisas mais inovadoras do mundo em temas como robótica e teoria da informação.

A instituição deixa claro que só os alunos com habilidades superiores são selecionados e possui uma anuidade de US$ 52.242,00.

Oxford Executive MBA

O MBA Executivo da Universidade de Oxford é projetado para ajudar profissionais seniores a realizar seu pleno potencial, trazendo as últimas tendências em gestão internacional.

O valor do curso é de US$ 80.502, tanto para estudantes locais quanto estrangeiros, enquanto o custo de vida na universidade é de aproximadamente US$ 1.555 ao mês.

Como fazer curso de pós-graduação nos Estados Unidos

Agora a parte mais importante: como ser aprovado em cursos de pós-graduação nos Estados Unidos.

Acompanhe nosso passo a passo para conquistar seu título internacional.

1. Verifique as exigências de candidatura

Para fazer uma pós-graduação nos EUA, você precisa ter um diploma de graduação emitido por uma instituição reconhecida internacionalmente.

Além disso, ainda é necessário apresentar cartas de recomendação, projeto de pesquisa, resultados de testes como o GRE e GMAT e ainda certificados de proficiência no inglês como o TOEFL e IELTS.

É fundamental ler com atenção todas as normas para ter certeza de que você é elegível para o curso.

2. Providencie o visto de estudante

Você vai precisar de um visto americano do tipo F-1, que exige a comprovação de renda suficiente para todo o período do curso, além de documentos como histórico escolar e passaporte.

Na entrevista, é importante deixar clara a intenção de retornar ao seu país de origem assim que finalizar o curso.

3. Planeje os custos

Os custos já começam com a taxa de candidatura, que varia entre US$ 50 e US$ 100, e normalmente é exigido um depósito inicial para ser admitido no curso.

As taxas de ensino (tuition fees) podem ser semestrais, mensais ou anuais, e a maioria das universidades oferece uma estimativa de custo de vida e acomodações.

4. Informe-se sobre bolsas

Felizmente, quanto mais conceituada a universidade, melhores são as bolsas para cursos de pós-graduação nos Estados Unidos.

Além disso, as maiores instituições praticam a política “need blind”, que oferece apoio financeiro independentemente das condições do estudante.

5. Aproveite o estágio no final

Os cursos de pós-graduação nos Estados Unidos permitem que o estudante estrangeiro permaneça por um ano no país após a conclusão, com o objetivo de cumprir o treinamento prático.

As modalidades de estágio são o OPT (Treinamento Prático Opcional) e CPT (Treinamento Curricular Prático), e para ambas você vai precisar mudar o visto em até 60 dias após concluir o curso.

Se surgirem oportunidades nesse período, você pode até mesmo ser contratado e ganhar um Green Card.

Se preferir outro país, o sucesso continua garantido, pois um título de mestre ou especialista dos EUA é diferencial em qualquer lugar do mundo.

Deixe uma resposta