Bolinho de batata e spritzbier na Festa da Colônia

Desde o dia 11 de abril está rolando em Gramado a 23ª edição da Festa da Colônia. No último sábado, 20 de abril, decidi aproveitar a tarde de sol para conhecer este evento que prestigia a cultura alemã, italiana e portuguesa. Fui caminhando até a ExpoGramado, onde ocorre o evento, pra dar tempo de abrir o apetite e poder prestigiar algumas guloseimas da festa. O movimento de carros, moradores e turistas estava intenso na entrada da Festa da Colônia.

Ao ingressar no espaço onde fica o evento, uma trilha sonora bem característica se tornou evidente: as bandinhas. Pra quem vêm de família alemã, e já frequentou alguns bailes quando mais nova, como eu, a música traz muitas lembranças, e logo você vai estar batendo o pezinho e balançando o corpo no ritmo da música. No local onde as bandas tocam, tem um espaço reservado pro pessoal que gosta de dançar.

Na parte central vários produtores expõem seus produtos: queijos, salames, bolachas, sucos, entre outros produtos coloniais. Eu não resisti e comprei um queijo com ervas e umas bolachinhas de chocolate. Se você deseja apreciar a gastronomia típica italiana e alemã, opções não faltam. Para almoço e janta a Festa da Colônia conta com o Fogão da Nonna e o Fogão da Oma, a 20 reais por pessoa. Crianças de seis a 10 anos pagam metade do valor.

Mas se você só quiser fazer um lanche, existem diversos espaços que servem bebidas e guloseimas como o bolinho de aipim e o tradicional bolinho de batata. Eu e meu noivo não resistimos e comemos bolinho de batata e tomamos spritzbier ( refrigerante caseiro alemão), que me lembra muito a casa da minha vó, já que ela fazia essa bebida pra mim e pro meu irmão, quando éramos pequenos. Pode pedir sem medo, porque é bom! Além do mais, um lanche desses sai super em conta, já que o bolinho de batata é um real a unidade, enquanto 500 ml. de spritzbier custa 2,50.

Outro local que também serve tudo que você possa imaginar, tortas doces e salgadas, sanduíches, entre outros lanches, é a Kaffe Haus. Uma casa bem colonial, onde você pode se sentar, comer tranquilamente, e sentir um pouco da experiência de estar em um legítimo café colonial. Antes de ir embora ainda passei nos Fornos, onde você pode adquirir pães e cucas, para comprar um pão de milho quentinho.

O sol já havia baixado, era hora de ir embora. Com o vento e o frio chegando, a caminhada de retorno pra casa foi mais rápida, e tudo o que eu pensava era poder chegar em casa e comer um pão quentinho com um queijo colonial, pra fechar a noite. E você, não vai prestigiar a Festa da Colônia? O evento segue até o dia 28 de abril.

Veja mais fotos da 23ª edição da Festa da Colônia

O quê: 23ª edição da Festa da Colônia.

Onde: ExpoGramado, na Av. Borges de Medeiros, 4111 – Centro.

Mapa

Quando: De 11 a 28 de abril.

Site da Festa da Colônia

Confira outros eventos de Gramado

Deixe uma resposta