Explore os encantos do Lago Negro em Gramado

Lago Negro, em Gramado, é um dos mais conhecidos cartões postais da Serra Gaúcha.

Todo turista que se preze tem que dar uma passadinha por aqui quando estiver em Gramado, especialmente quem curte natureza e belas paisagens.

Nos arredores do Lago Negro, pinheiros, azaleias e hortênsias se revezam para enfeitar as margens e tornam a caminhada ainda mais convidativa. 🍃

Vale experimentar um bom chimarrão, saborear uma pipoca e curtir a brisa calmante dos ares da Serra.

Pode ter certeza: Gramado não seria a mesma sem o Lago Negro.

Lago Negro
Hortênsias são alguns dos encantos do Lago Negro. Foto: Diego Bezerra, CC BY-SA 2.0

O que é o Lago Negro, em Gramado

O Lago Negro é uma das atrações turísticas obrigatórias para quem visita Gramado. 

Localizado em um parque com quase 90 mil metros quadrados de extensão, o Lago Negro encanta pela exuberância.

Um lugar encantador onde a natureza é preservada e contemplada pelos visitantes. 

Cercado de pinheiros, o lago reflete a paisagem em águas calmas e profundas de cor verde-escura.

A exuberância das cores varia conforme a estação do ano. 

No verão, o azul das hortênsias encanta.

No inverno, são azaleias que florescem e mudam a  paisagem. 

A grande curiosidade sobre o Lago Negro está na sua origem.

Poucos sabem que ele é um lago artificial.

Em 1942, a área onde está localizado o Lago Negro pertencia à família Bier e chamava-se Vale do Bom Retiro.

Naquele ano, um grande incêndio atingiu o local durante oito longos dias.

Para evitar que o fogo continuasse se alastrando, os  moradores abriram uma fenda no solo.

E assim descobriram uma vertente que deu origem a um lago

Mais tarde, em 1953, um homem chamado Leopoldo Rosenfeldt teve a iniciativa de mudar a paisagem devastada.

Como grande parte das árvores nativas havia desaparecido, Rosenfeldt importou mudas de árvores da Alemanha, seu país de origem.

Mais precisamente da Floresta Negra, o que acabou inspirando o novo nome do local.

O reflorestamento da área acabou com a grande lacuna na paisagem causada pelo incêndio.

A iniciativa de reconstrução do local, idealizada por Leopoldo Rosenfeldt, deu origem ao parque.

Mas se engana quem pensa que o Lago Negro é um local apenas de contemplação.

São inúmeras atrações para todos os gostos ou situações. 

Vamos mostrar por que vale a pena visitar o Lago Negro, um dos mais importantes cartões-postais no Brasil e no mundo.

Atrações do Lago Negro em Gramado

Em família ou a dois, o Lago Negro é o local perfeito para apreciar a paisagem e tirar fotografias que ficam para sempre de lembrança.

Aos mais devotos, é interessante notar que, em meio às árvores, existe um espaço reservado para uma imagem da Nossa Senhora.

Na gruta, ela fica ali à espera das preces dos visitantes.

Todo o trajeto pode ser feito a pé ou de bicicleta.

Para quem for adepto da prática de exercícios, o caminho também é propício para uma corrida.

Vale lembrar que o parque fica aberto todos os dias, com entrada gratuita. Uma ótima opção para queimar as calorias do fondue com um cenário incrível.

O Lago Negro tem opções para todos os tipos de visitantes.

Estender uma toalha na grama e fazer um piquenique, ou simplesmente apreciar o lago, o movimento das pessoas e os patos nadando são ótimas alternativas para relaxar.

Está sozinho? Não tem problema, pegue um livro, deite na grama e aproveite.

Outra atração do Lago Negro são os pedalinhos, que encantam crianças e adultos.

Depois de andar de pedalinho, outra dica é descansar e fazer um lanche no Paradouro Lago Negro.

O local também conta com banheiros, que podem ser bastante úteis depois de um dia longo e cheio de atrações.

Lago Negro: vale a pena visitar?

Se essa é a sua dúvida, a resposta é simples.

Sim, vale muito a pena visitar o Lago Negro. 

Além de ser um lugar encantador, o Lago Negro proporciona ao turista uma experiência positiva. 

O Índice de Competitividade do Turismo Nacional, do Ministério do Turismo, destaca os fatores que qualificam o Lago Negro como destino turístico em Gramado. 

  • É um atrativo natural com fluxo turístico, junto ao Mirante Vale do Quilombo e ao Gramado Zoo
  • Tem evidência de conservação ambiental e manutenção da estrutura física disponível no local
  • Tem sinalização turística viária e de pavimentação adequada na via de acesso. 

O Lago Negro é o segundo destino turístico entre 70 opções oferecidas em Gramado, diz o ranking TripAdvisor 2019

Se você pensa em conhecer o parque Lago Negro, separamos ótimas dicas para passeios com crianças, a dois ou até mesmo, sozinho. 

Com crianças

O Lago Negro é perfeito para passeios em família

As crianças encontram atrações e diversão garantida na infraestrutura do parque.  

Os pequenos vão adorar os passeios de pedalinho.

Ou então nos barcos e caravelas que navegam até o cair da tarde.

Se a intenção é se exercitar, o parque oferece uma extensa pista para caminhar, correr ou andar de bicicleta. 

Deu fome? 

Tudo bem, no entorno do Lago Negro há inúmeros restaurantes especializados em cozinha brasileira, francesa, italiana, alemã e mediterrânea. 

O mais conhecido deles é o Paradouro, localizado dentro do parque. 

E nem pense em resistir aos tradicionais chocolates de Gramado.

Eles estão presentes em toda a parte. 

A dois

O cenário do parque onde está localizado o Lago Negro é puro romantismo. 

No inverno, o clima europeu da Serra Gaúcha garante um charme especial ao lugar. 

É quando a névoa invade o espaço e deixa tudo ainda mais bonito.

No verão, a sombra das árvores é um convite ao relaxamento

Que tal estender uma toalha na grama e organizar um piquenique para começar o dia?

Queijos, vinhos, frutas e chocolate são sugestões para acompanhar o programa perfeito com seu amor. 

E não esqueça de registrar tudo em fotografias.

Cada cantinho do Lago Negro é inspirador e rende belas imagens para eternizar sua viagem a dois. 

Sozinho

Algumas pessoas sofrem com a solidão.

Outras desfrutam da solitude e encontram prazer na própria companhia.

Se esse é o seu caso, o Lago Negro é perfeito para momentos só seus.

Caminhar, praticar yoga, meditar, estar em contato com a natureza para recarregar as baterias.

A área do parque é perfeita para passar o tempo praticando algum hobby.

O gramado ao redor do lago, bem cuidado e limpo, proporciona o contato com a natureza.

Que tal colocar a leitura em dia ou simplesmente deitar sob o sol para ouvir música?

Faça um passeio no Lago Negro e dedique-se ao dolce far niente, como ensinam os italianos.

Onde fica o Lago Negro em Gramado

O Lago Negro está localizado a cerca de 2km do Centro de Gramado (RS). 

O parque está aberto 24h,e o acesso é livre.

A infraestrutura é excelente e oferece restaurante, loja de souvenirs e banheiros. 

No meio do bosque, há uma escadaria até um pequeno santuário onde existe uma imagem de Nossa Senhora. 

O local é todo sinalizado e conta com recursos de acessibilidade

Como chegar

De carro, o caminho mais rápido é pela Avenida Borges de Medeiros, passando pelo Lago Joaquina Rita Bier (famoso palco do Natal Luz).

Siga pela Rua João Alfredo Schneider e depois acesse a Rua F. G. Bier.

A partir deste ponto é só seguir a sinalização e você chegará à Rua A. J. Renner, onde está localizado o Lago Negro, no bairro Planalto. 

Outra opção é usar o BusTour, a linha de turismo da cidade.

O BusTour faz o roteiro turístico de Gramado em um charmoso coletivo vermelho, de dois andares, semelhante aos ônibus londrinos. 

O trajeto conta com mais de 35 pontos de parada. 

O turista pode descer em cada uma delas e embarcar no próximo ônibus, quantas vezes quiser. 

Os ingressos para o BusTour podem ser comprados pela internet com preços a partir de R$ 69 por pessoa ou a partir de R$ 159 o pacote família.

Pedalinhos do Lado Negro

A atração que faz maior sucesso, principalmente entre as crianças, é o passeio de pedalinho pelo Lago Negro.

Eles funcionam das 8h às 18h no inverno.

No verão, o horário se estende um pouco mais, até as 19h.

Conforme a Secretaria de Turismo de Gramado, os preços atualizados são os seguintes:

Pedalinho Cisne: R$ 40 (com capacidade para duas pessoas)

Pedalinho Cisne Família e Caravelas: R$ 50 (com capacidade para dois adultos e duas crianças com até 10 anos cada embarcação).

Os passeios duram cerca de 20 minutos

Outra opção é o passeio pelo carrinho elétrico

Com ele é possível conhecer o parque percorrendo toda sua extensão. 

O carrinho tem capacidade para 6 pessoas e cada passeio custa R$ 10. 

Ficou com vontade de visitar o Lago Negro em Gramado?

Reserve uma data na agenda hoje mesmo para desfrutar do lugar.

Para ajudar nesse planejamento, preparamos um guia com os 3 melhores hotéis de Gramado, todos testados e aprovados pela equipe do Mapa do Mundo.

Quer mais?

Acesse nosso roteiro com 18 pontos turísticos de Gramado

16 COMENTÁRIOS

  1. Eu quando visitei Gramado pela primeira vez eu quase não venci visitar todos os pontos turustícos pois são tantos e um mais belo que o outro que não da vontade de voltar para Passo Fundo minha vontade era ficar em Gramado (…) Adorei a visita que fiz a Gramado

    • Oi, Jaqueline

      Obrigada por visitar nosso site. Realmente Gramado é uma cidade linda e tem muitos pontos turísticos, você tem que vir várias vezes pra conseguir ver tudo.

      Abraço.

      Bárbara Keller

  2. Eu adorei a visita a Gramado pois tem tantos pontos turistícos que as pessoas quase não vencem visitar todos mais como Gramado é tão lindo que mesmo cansado não dá para ficar parado. (…)

  3. O local é lindo, porém o preço é absurdo dos pedalinhos , os funcionários muito mal educados e desrespeitoso! Os cisnes não funcionam bem e os funcionários mandaram a gente se virar, além de serem totalmente intolerantes as críticas quando reclamamos do mau funcionamento do cisne! Infelizmente, o passeio não foi realizado e sai de lá com péssima impressão do local e me sentindo extremamente desrespeitada por aquelas pessoas! Não recomendo a ninguém fazer esse passeio, além do péssimo atendimento, o cisne é bem perigoso pra crianças, pois não tem nenhuma segurança, a criança pode escorregar e cair!

  4. […] O Lago Negro é um dos principais símbolos da cidade de Gramado, uma das mais regiões procuradas pelos turistas no Rio Grande do Sul. O local reúne o que há de melhor na Serra: um cenário belo e emoldurado por pinheiros, azaleias e hortênsias. Rende lindas fotos românticas de recordação e a entrada é gratuita. […]

Deixe uma resposta