Pasteleiro Gramado

Tem dias que bate uma vontade de comer algo diferente, de fugir da comida habitual de cada almoço, ou do pão rotineiro de toda noite. Pois uma certa noite chuvosa em Gramado, a primeira de uma sequência, decidimos sair de casa e provar o tradicional pastel do Pasteleiro de Gramado, que fica na Rua Pedro Benetti, 32. Não que fosse novidade pra gente, nós já conhecíamos o Pasteleiro, mas é sempre bom repetir o que a gente gosta né?

O ambiente

Com ótima localização, bem no centro da cidade, ao lado da Igreja São Pedro, o Pasteleiro é um local de tradição em Gramado. A franquia chegou na cidade em 1999 e em 2000 já estava sob o comando do Josiano Schmitt, o atual administrador. A fachada, com o nome do Pasteleiro no que parece ser um rolo de filme, e os pratos da casa anunciados como cartazes, em uma bilheteria, denunciam a inspiração do Pasteleiro de Gramado: o cinema.

As janelas de vidro, na entrada, nos permitem espiar o ambiente interno e nos convidam para entrar, principalmente em dias de chuva. Assim que entramos, o gerente, bem simpático, nos recebeu e nos deixou bem à vontade para escolhermos a nossa mesa. Optamos por uma mais no canto, para podermos observar melhor o ambiente.

O tema cinema permeia toda a decoração do Pasteleiro. Na parede à direita, para quem entra, é possível observar diversos cartazes de filmes brasileiros em preto e branco, inclusive o Tropa de Elite, assinado pelo ator Wagner Moura, em sua visita durante o último Festival de Cinema. Os lustres de metal individuais, para cada mesa, assim como os cartazes aplicados próximo ao teto, também chamam a atenção.

Pasteleiro de Gramado - Mapa de Gramado. Foto: Bárbara Keller

Na outra parede, ocupada por mesas e sofás, bem confortáveis, encontram-se diversos quadros pequenos, junto ao nome Pasteleiro, de alguns clássicos do cinema, como Ghost, O Poderoso Chefão, Os Pássaros, Casablanca, O Auto da Compadecida, entre outros. A sétima arte também fica evidente no retroprojetor pendurado, que também serve como artigo de decoração.

Pasteleiro de Gramado - Mapa de Gramado. Foto: Bárbara Keller

Pasteleiro de Gramado - Mapa de Gramado. Foto: Bárbara Keller

As cores laranja e verde têm destaque na decoração do Pasteleiro. Parte das mesas conta com os pés verdes, enquanto as cadeiras possuem um estofado laranja. Além disso, o balcão e o caixa são verdes, enquanto um led laranja, no teto e no balcão, auxiliam na iluminação diferenciada. Tudo no Pasteleiro remete a esse ambiente de lanchonete, descolado, mas com muito cuidado aos detalhes, que fazem do local um espaço agradável. Para quem gosta de assistir aos jogos, o Pasteleiro também conta com TV.

Pasteleiro de Gramado - Mapa de Gramado. Foto: Bárbara Keller

Pasteleiro de Gramado - Mapa de Gramado. Foto: Bárbara Keller

Os pratos

A especialidade do Pasteleiro são, obviamente, os pastéis. Você vai perceber que, além da decoração, o cardápio também tem inspiração no cinema, a começar pelo tamanho dos pastéis. Você pode optar pelo Super 8 (13cm) Curta (16cm) e Longa (22cm). São 21 sabores salgados, 10 doces, 6 opções de pastel de forno, além dos pastéis especiais, onde você monta o seu pastel como quiser, e as porções de mini-pastéis, salgados e doces. E sabe o que é mais interessante? Todos os pastéis têm nome de filmes! Esse é o diferencial do Pasteleiro.

Pasteleiro de Gramado - Mapa de Gramado. Foto: Bárbara Keller

Além dos pastéis, o Pasteleiro oferece saladas, lasanhas, sopa no pão, paninos, mini calzones, chocolates, cafés e diversas opções de sobremesa. E para quem deseja dar uma passadinha no Pasteleiro, no meio da tarde, para tomar um chá e comer alguma coisa, a casa conta com bolo de cenoura, nega-maluca, tortinha de limão, de nozes, e outras opções. Os doces e lanches variam conforme o dia.

Pasteleiro de Gramado - Mapa de Gramado. Foto: Bárbara Keller

Nós fomos com o intuito de jantar, por isso resolvemos prestigiar a especialidade da casa: os pastéis. São várias opções, o que torna difícil a escolha. No fim, optamos pelo clássico nº 10, Ou tudo ou nada, que vem com presunto, mussarela, tomate, orégano, cebola, palmito e pimentão, longa, e o nº 19, Chinatown, com frango xadrez e mussarela, curta. Aliás, esse é outro detalhe do Pasteleiro, você só precisa dizer o nº do pastel, e o tamanho, não precisa nem dizer o nome. Embora seja interessante reparar nos nomes de filmes. Se quiser, você pode conferir o cardápio no site.

Os preços

Os pastéis que nós pedimos custaram R$ 13,90 o nº 10, longa, e R$ 9,90 o nº 19, curta. Os preços dos pastéis salgados varia de R$ 5,30 a R$ 13,90, conforme o tamanho, com exceção do pastel Verão de 42, que vem com camarão, cujo tamanho maior custa R$ 21,90. Os pastéis doces só tem no tamanho super 8 e curta, com preços que vão de R$ 5,50 a R$ 9,00. Já os pastéis de forno custam R$ 5,90, o personalizado fica entre R$ 8,00 e R$ 23,90, conforme o tamanho, enquanto as porções de mini-pastéis saem por R$ 7,50, 8 unidades, e R$ 18,90, 25 unidades. As outras opções, saladas, lasanhas, sopa no pão e paninos, custam entre R$ 8,90 e R$ 18,90.

A nossa experiência gastronômica

Depois que fizemos o nosso pedido, aproveitamos pra curtir o nosso chopp claro (R$ 6,00) e o suco de abacaxi (R$ 5,80) que havíamos solicitado. Cerca de 10 minutos depois o garçom trouxe nossos pastéis. A fome estava grande, mas o tamanho dos pastéis impressiona, então logo vi que seria o suficiente.

Pasteleiro de Gramado - Mapa de Gramado. Foto: Bárbara Keller

Se você quiser, pode solicitar prato e talheres, embora eu prefira comer com a mão mesmo, acho que combina mais com a proposta do ambiente e da comida servida. Os pastéis são bem sequinhos, então não precisa se preocupar em sujar as mãos com gordura. Os dois sabores que pedimos eram deliciosos, o nº 10 vem cheio de coisa, bem como o nome “Ou tudo ou nada” propõe. Já o nº 19, Chinatown, devido ao frango xadrez, é uma ótima opção para quem gosta de um recheio mais “molhadinho”.

Pasteleiro de Gramado - Mapa de Gramado. Foto: Bárbara Keller

Pasteleiro de Gramado - Mapa de Gramado. Foto: Bárbara Keller

Se você está com fome, sugiro que escolha logo um longa, mas se você, como eu, é louco por doce, peça um curta e guarde um espaço para um pastel doce. Eu escolhi o nº 29, Casablanca, de chocolate branco com nozes e castanha. Optei por um curta, que custa R$ 8,90, porque eu sabia que o noivo ia querer dar umas mordidas, mas se a sua fome não estiver muito grande, peça um super 8 doce. Para melhorar, o pastel vem coberto com açúcar e canela. Faz bastante sujeira na hora de comer, mas vale a pena. Tanto o doce, quanto os salgados, vêm bem recheados. E só posso dizer que o pastel Casablanca é divino e fechou minha noite da melhor maneira possível.

Pasteleiro de Gramado - Mapa de Gramado. Foto: Bárbara Keller

Enquanto aproveitávamos nossos pastéis, de vez em quando o gerente vinha perguntar se estava tudo do nosso agrado, demonstrando o bom atendimento do Pasteleiro.

Mais informações

O Pasteleiro de Gramado abre diariamente, das 11h30min às 23h30min. Para quem desejar experimentar um dos famosos pastéis do pasteleiro na comodidade da sua casa, apartamento ou no hotel que estiver hospedado, eles também contam com tele-entrega. Eles não oferecem transporte gratuito.

Pasteleiro de Gramado - Mapa de Gramado. Foto: Bárbara Keller

Embora se encaixe mais na categoria lanche, o Pasteleiro é um ótimo lugar para almoçar ou jantar em família, por um preço bem mais acessível que a maioria dos restaurantes de Gramado. Também combina com happy hour com os amigos ou um lanche rápido no meio da tarde. Com um pastel de qualidade, bom atendimento, ambiente agradável e preços convidativos, o Pasteleiro justifica sua fama e faz valer seu slogan “Provou, gostou!”. Eu provei, gostei e recomendo!

Texto e fotos: Bárbara Keller.

Endereço: Rua Pedro Benetti, 32 – Centro. (Ao lado da Igreja São Pedro).

Mapa

Horário de atendimento: Diariamente, das 11h30min às 23h30min.

Site do Pasteleiro

Telefone: (54) 3286.3862. / (54) 3286-4222.

Página no facebook

Veja mais fotos do Pasteleiro

Veja também

Aqui pertinho

Av. Borges de Medeiros

Igreja São Pedro

Boulevard São Pedro

Praça Major Nicoletti

3 COMENTÁRIOS

    • Oi, Irenilda

      Com certeza, na próxima visita você pode visitar o Pasteleiro e dar uma olhada nas nossas dicas e conhecer muito lugar bacana! Fica difícil ver tudo numa vez só. Obrigada pela visita ao nosso site.

      Abraço.

      Bárbara Keller

  1. Estive em Gramado agora em agosto de 2014 e ouvi falar do Pasteleiro. Fomos lá numa sexta-feira a noite, estava bem movimentado, mas não lotado e o pessoal não deu muita bola pra gente. Demoraram 10 minutos só pra trazer o cardápio, ninguém veio nos atender, só vieram depois de muita insistência. O pastel até não demorou muito pra chegar, mas sinceramente não gostamos, muito simples, pouco recheio e sem tempero. Pelo preço, que não é barato, não achei aquilo tudo.

Deixe uma resposta