Programação do Festival de Cinema de Gramado em 2019

Procurando a programação do Festival de Cinema de Gramado de 2019 e as melhores dicas para visitar Gramado?

Essa é uma ótima ideia.

O Festival de Cinema de Gramado é um dos grandes eventos da cidade, um dos principais festivais do calendário brasileiro e uma desculpa irresistível para conhecer a Serra Gaúcha.

Neste post, você encontra a programação do Festival de Cinema, dicas para visitar Gramado nesse período e um guia para curtir as melhores atrações na sua estada.

Ficou interessado?

Então siga a leitura.

O que é o Festival de Cinema de Gramado

O Festival de Cinema de Gramado é uma das mais importantes mostras cinematográficas da América Latina

Realizado na Serra Gaúcha há quatro décadas, o festival é reconhecido internacionalmente pela qualidade dos filmes exibidos durante as mostras competitivas e paralelas. 

Além da produção brasileira e gaúcha, o Festival de Cinema de Gramado mantém uma mostra competitiva de filmes ibero-americanos, criada em 1992. 

Este ano, a 47ª edição do Festival de Cinema de Gramado acontece de 16 a 24 de agosto

Tudo começou com a exibição do filme “Toda Nudez Será Castigada”, dirigido por Arnaldo Jabor, em 1973. 

Desde então, o festival nunca foi interrompido e edições acontecem anualmente.

Além das mostras competitivas e paralelas, acontecem exibições especiais, debates e discussões sobre o mercado audiovisual. 

As produções cinematográficas disputam o Kikito, também chamado Deus da Alegria, troféu semelhante ao Oscar americano. 

Em 47 anos, mais de mil Kikitos foram distribuídos a profissionais do cinema em diferentes categorias. 

Mas o Kikito não é o único troféu concedido pelo corpo de jurados. 

Outras homenagens são prestadas à atores, atrizes, cineastas e personalidades ligadas à sétima arte:

  • Troféu Oscarito: dedicado aos grandes atores e atrizes do cinema nacional
  • Troféu Eduardo Abelin: homenageia diretores, cineastas ou entidades de cinema brasileiros
  • Kikito de Cristal: reconhece expoentes do cinema latino-americano
  • Troféu Cidade de Gramado: destaca nomes que têm ligação com Gramado e com o festival, contribuindo para o crescimento e a divulgação da cidade e do evento. 

O palco para o encontro do audiovisual é o Palácio dos Festivais, uma imponente construção em estilo colonial com capacidade para 1100 pessoas.

Localizado na Avenida Borges de Medeiros, em frente à Rua Coberta, o Palácio dos Festivais é um dos principais pontos turísticos de Gramado

Durante os dias de realização, Gramado recebe atores, atrizes, produtores e realizadores da sétima arte.

Sem contar nos milhares de turistas que lotam a ampla rede hoteleira, incrementando o turismo e a economia local. 

Os números do festival são surpreendentes e bateram os recordes da edição passada.

Detalhes da 47ª edição do Festival de Cinema de Gramado

  • 195 longas brasileiros inscritos, 84 a mais do que no ano passado
  • São 95 longas estrangeiros inscritos (17 a mais do que em 2018)
  • A categoria de curtas-metragens brasileiros selecionou 14 produções entre as 777 inscritas (mais que o dobro do ano passado)
  • 20 curtas-metragens gaúchos foram selecionados para a mostra competitiva entre os 95 inscritos
  • Os sete filmes que disputam os Kikitos foram produzidos em quatro estados, além do Distrito Federal
  • A mostra competitiva conta com sete filmes de sete países (Argentina, Bolívia, Chile, Costa Rica, Equador, México e Uruguai).

E, pela primeira vez na história do festival, haverá uma mostra competitiva de longas-metragens gaúchos.

Mas, além das mostras de filmes nacionais e latinos, o Festival de Cinema de Gramado oferece aos visitantes inúmeros eventos paralelos.

Sem contar nas homenagens e premiações que acontecem no palco do Palácio dos Festivais. 

A programação é extensa e vai encantar quem visitar Gramado durante essa época do ano.

Programação do Festival de Cinema de Gramado 2019

Se você pretende visitar a Serra Gaúcha durante o inverno, confira a programação do evento e agende-se para desfrutar de tudo o que o Gramado oferece. 

16 de agosto (sexta-feira)

16h – Abertura Oficial do Festival na Rua Coberta

Com a presença da Orquestra Sinfônica de Gramado

18h – Filme de abertura no Palácio dos Festivais

“Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles | 130′

20h45min – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curta-metragem brasileiro: “A Pedra” (RS), de Iuli Gerbase | 19’15”

Longa-metragem brasileiro: “O Homem Cordial” (DF), de Iberê Carvalho | 85′

17 de agosto (sábado)

13h – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curtas-metragens gaúchos:

“O Menino da Terra do Sol” (Bento Gonçalves), de Michel Marchetti | 18’30”

“Tesourinho” (Pelotas), de Bruna Dreyer Nery | 05’42”

“Quero Ir para Los Angeles” (Porto Alegre), de Juh Balhego | 19′12″

“Endotermia” (Porto Alegre), de Emiliano Cunha | 11’30”

“Só Sei que Foi Assim” (Pelotas), de Giovanna Muzel | 7′

“Kerexu” (Porto Alegre), de Denis Rodriguez | 20″

“Budapest_V4_Final2” (Porto Alegre), de Gabriel Motta | 14’04”

“É Assim Que Você Parece” (São Leopoldo), de Pedro Valadão | 15′

“Veraneio” (Porto Alere), de Nelson Diniz | 17’30”

“A Pedra” (Porto Alegre), de Iuli Gerbase | 19’15”

18h – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curta-metragem brasileiro:

“A Mulher que Sou” (PR), de Nathália Tereza | 15’09”

Longa-metragem estrangeiro:

“A son of man – La maldición del tesoro de Atahualpa” (Equador), de Jamaicanoproblem | 90′17″

20h30min –  Entrega do Troféu Eduardo Abelin no Palácio dos Festivais

Homenagem a Carla Camurati

21h – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curta-metragem brasileiro:

“Marie” (PE), de Leo Tabosa | 20′

Longa-metragem brasileiro:

“Raia 4” (RS), de Emiliano Cunha | 95’13”

18 de agosto (domingo)

13h – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curtas-metragens gaúchos:

“Linha travessão” (Porto Alegre), de Douglas Roehrs | 13’49”

“Êles” (Porto Alegre), de Roberto Burd | 15′

“Sonata” (Porto Alegre), de Felipe Diniz | 17’50”

“Stardust” (Porto Alegre), de P.Zaracla | 7’17”

“Tempestade e a janela de cristal” (Porto Alegre), de Viviane Locatelli | 13’41”

“Dia de mudança” (Porto Alegre), de Boca Migotto | 11’25”

“A maior locadora do mundo” (Porto Alegre), de Matheus Mombelli | 03’31”

“buitenlanders/estrangeiros” (Porto Alegre), de Cassio Tolpolar | 05’55”

“Who’s that man inside my house?” (Sapucaia do Sul), de Lucas Reis | 10’05”

“O carnaval de Gregor” (Caxias do Sul), de Kiwi Bertola | 20′

18h – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curta-metragem brasileiro:

“O véu de Amani” (DF), de Renata Diniz | 14’48”

Longa-metragem estrangeiro: 

“La forma de las horas” (Argentina), de Paula de Luque | 72′

20h – Sessão Especial no Palácio dos Festivais

“Legalidade” (RS), de Zeca Brito | 122′

22h45 – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Prêmio Assembleia Legislativa – Entrega de prêmios – Mostra Competitiva de Curtas Gaúchos

19 de agosto (segunda-feira)

15h30min – Sessão especial no Palácio dos Festivais

“Expedição 21 – Uma jornada pela Independência” (RJ), de Alex Duarte | 67′

18h – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curta-metragem brasileiro:

“E o que a Gente Faz Agora?” (SP), de Marina Pontes | 16’41”

Longa-metragem estrangeiro:

“Muralla” (Bolívia), de Gory Patiño | 102′

20h30 – Entrega do Troféu Oscarito no Palácio dos Festivais

Homenagem a Lázaro Ramos

21h – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curta-metragem brasileiro:

“Menino pássaro” (SP), de Diogo Leite | 15′

Longa-metragem brasileiro: 

“Vou nadar até você” (SP), de Klaus Mitteldorf | 104′

20 de agosto (terça-feira)

18h – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curta-metragem brasileiro:

“Um tempo só” (SP), de Lane Alves | 8’31”

Longa-metragem estrangeiro: 

“El despertar de las hormigas” (Costa Rica), de Antonella Sudasassi Furnis | 94′

20h30 – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curta-metragem brasileiro: 

“Teoria sobre um planeta estranho” (MG), de Marco Antônio Pereira | 15′

Longa-metragem brasileiro:

“Pacarrete” (CE), de Allan Deberton | 97’42”

21 de agosto (quarta-feira)

9h30min – Mostra infantil no Palácio dos Festivais

“Turma da Mônica: Laços” (SP), de Daniel Rezende | 96′

18h – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curta-metragem brasileiro: 

“O balido interno” (PE), de Eder Deó | 15′

Longa-metragem estrangeiro: 

“En el pozo” (Uruguai), de Bernardo e Rafael Antonaccio | 82′28″

20h30 – Entrega do Troféu Cidade de Gramado no Palácio dos Festivais

Homenagem a Mauricio de Sousa

21h – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curta-metragem brasileiro: 

“Invasão espacial” (DF), de Thiago Foresti | 14’29”

Longa-metragem brasileiro:

“Hebe – A estrela do Brasil” (SP), de Maurício Farias | 112′

22 de agosto (quinta-feira)

18h – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curta-metragem brasileiro: 

“A ética das hienas” (PB), de Rodolpho De Barros | 21′

Longa-metragem estrangeiro: 

“Perro bomba” (Chile), de Juan Caceres | 80′

20h30min – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curta-metragem brasileiro: 

“Sangro” (SP), de Tiago Minamisawa e Bruno Castro | 7’15”

Longa-metragem brasileiro: 

“Veneza” (RJ), de Miguel Falabella | 91′

23 de agosto (sexta-feira)

9h30min – Mostra infantil no Palácio dos Festivais

“Tito e os pássaros” (SP), de Gustavo Steinberg, André Catoto, Gabriel Bitar | 73′

18h – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curta-metragem brasileiro: 

“Apneia” (PR), de Carol Sakura e Walkir Fernandes | 14′27″

Longa-metragem estrangeiro: 

“Dos Fridas” (México e Costa Rica), de Ishtar Yasin | 92′

20h30min – Entrega do Troféu Kikito de Cristal no Palácio dos Festivais

Homenagem a Leonardo Sbaraglia

21h – Mostra competitiva no Palácio dos Festivais

Curta-metragem brasileiro: 

“Amor aos vinte anos” (SP), de Felipe Arrojo Poroger e Toti Loureiro | 19’57″

Longa-metragem brasileiro:

“30 anos blues” (SP), de Andradina Azevedo e Dida Andrade | 87′.

24 de agosto (sábado) 

21h – Cerimônia de premiação no Palácio dos Festivais

Entrega dos Kikitos e encerramento do Festival de Cinema de Gramado

Como comprar ingressos para o Festival de Cinema

Os ingressos para as mostras competitivas do 47º Festival de Cinema de Gramado ainda não estão à venda. 

Para mais informações, valores e datas, vale a pena acompanhar o site oficial do evento. 

Uma dica para quem não conseguir ingressos ou não quiser assistir às exibições noturnas é acompanhar as sessões gratuitas

Elas acontecem todas as manhãs, no Palácio dos Festivais, com acesso livre ao público.

Na ocasião, são reprisados os filmes competitivos exibidos na noite anterior. 

Outra opção é acompanhar as mostras paralelas, com entrada gratuita. 

As sessões acontecem em diversos locais, entre eles a Sala Elisabeth Rosenfeld (Rua São Pedro, nº 369 – Centro) e o Hotel Serra Azul (Rua Garibaldi, nº 152 – Centro), além de bairros e escolas da cidade. 

Atrações além do Festival de Cinema em Gramado

Gramado respira cinema durante os dias de realização do festival, quando a cidade se transforma na capital brasileira do cinema

Mas o grande número de turistas que visita a cidade no período encontra também uma extensa programação de festas, principalmente as eletrônicas.

O fim de semana que marca o encerramento do Festival de Cinema concentra o maior número de baladas.

A maioria delas acontece entre os dias 22 e 25 e oferece atrações exclusivas e presenças vip. 

Algumas festas são fechadas para convidados e outras são temáticas ou gastronômicas, mas todas de muito bom gosto e procuradas por quem visita a cidade. 

Mas nem só de badalação vive o turista em Gramado durante o Festival de Cinema. 

Há inúmeras outras opções para conquistar os visitantes. 

Entre os atrativos da Serra Gaúcha está o clima, a atmosfera europeia, a natureza exuberante e a gastronomia. 

Gramado tem museus, parques temáticos, fábricas de chocolate, espaços culturais, praças, lagos, exposições, igrejas e vinícolas, tudo para encantar o turista. 

Não podemos esquecer das atrações vinculadas ao Festival de Cinema de Gramado. 

Há, por exemplo, o Caminho das Estrelas, similar à famosa Calçada da Fama em Hollywood e localizada em frente ao Palácio dos Festivais. 

E o Museu do Festival de Cinema de Gramado, considerado o primeiro museu interativo e contemporâneo da América Latina, aberto o ano todo. 

Quer saber mais sobre passeios e lugares para visitar na cidade?

Então aproveite o nosso roteiro em Gramado para conhecer o melhor do lugar. 

Vale a pena visitar Gramado no Festival de Cinema?

Se essa é a sua dúvida, a equipe do Mapa do Mundo é unânime na resposta: vale.

Na verdade, visitar Gramado vale a pena em qualquer época do ano. 

E o Festival de Cinema é uma atração à parte.

No entanto, se prepare para a grande concentração de turistas

Na temporada passada, cerca de 2milhões de turistas passaram por Gramado de junho a setembro, sendo que 150 mil visitaram a cidade exclusivamente pelo Festival de Cinema. 

Nesse período, acontece ainda o Estação Gramado e o Festival de Cultura e Gastronomia, atraindo mais pessoas.

Portanto, prepare-se para restaurantes com reservas esgotadas, hotéis lotados e muita gente circulando pelas ruas. 

Mas considere que Gramado é um dos destinos mais procurados pelos brasileiros e, por isso, possui uma infraestrutura forte voltada ao turismo. 

A cidade conta com hotéis, pousadas, hostels, campings, agências de turismo e locadoras.

Além de incontáveis restaurantes, cafés e bistrôs preparados para atender aos paladares mais exigentes. 

Sem contar em toda a diversidade de atrações que a cidade oferece. 

Portanto, nosso conselho é: visite Gramado. 

Desacelere, entre em contato com a natureza, não se incomode tanto com o burburinho e desfrute de dias inesquecíveis na Serra Gaúcha. 

Hotéis em Gramado no Festival de Cinema

Gramado possui uma rede hoteleira incrível e conta com mais de 14 mil leitos. 

A maioria dos hotéis tem alta pontuação em sites especializados e grande procura durante o ano todo. 

Entre as centenas de estabelecimentos com tradicional de bem receber, indicamos três: 

  • Hotel Rita Höppner
  • Hotel Valle D’incanto
  • Hotel Estalagem St. Hubertus.

Para saber mais detalhes sobre cada um dos hotéis testados e aprovados pelo Mapa do Mundo, confira nosso guia com os 3 melhores hotéis em Gramado

E então, ficou interessado em participar do Festival de Cinema de Gramado?

Deixe um comentário e compartilhe este artigo nas suas redes sociais.

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta