Gustavo Heldt

Gramado é uma cidade com uma gastronomia bastante diversificada. De vez em quando, surge um novo restaurante no cenário culinário, e eu já fico toda curiosa, querendo conhecer e experimentar. Com o Malbec Restaurante foi assim. Inaugurado em dezembro de 2012, na Av. Borges de Medeiros, 2101, em frente à rodoviária, eu não via a hora de visitar o restaurante. Pois em uma noite fria, e um pouco chuvosa, eu tive essa oportunidade.

* por Bárbara Keller

O ambiente

Ao chegar no restaurante, o primeiro detalhe que você percebe é a fachada toda em madeira, com grandes janelas de vidro integradas, que permitem dar uma espiada no ambiente interno antes mesmo de entrar. Diversas plantas, e vasos de flores e velas, na escada de entrada, também chamam a atenção. O espaço externo conta ainda com um deck, no entanto, com esse inverno frio e chuvoso de Gramado, o melhor é você você optar por ficar dentro do restaurante. A não ser que você tenha sorte, e vá durante um dia de sol.

Ao entrar no Malbec, me surpreendi. Se a parte externa, repleta de madeira, passa a impressão de um ambiente rústico, e até mesmo simples, a parte interna é acolhedora e sofisticada, embora possua uma decoração arrojada. No primeiro piso, o visitante pode optar entre dois ambientes, um maior, à esquerda, com mesas e cadeiras de madeira e muitos detalhes coloridos, desde os descansa pratos, enfeites para guardanapos, até as cadeiras, que podem ser verdes, vermelhas, laranjas e azuis.

Já o segundo ambiente é menor e mais aconchegante, com mesas redondas coloridas, nas cores amarelo, roxo, azul, laranja e verde, e cadeiras com pelego em cima, bem confortáveis e quentinhas,  perfeitas para o tempo frio e úmido de Gramado. Outro detalhe colorido são as flores, dentro de pequenos vidros, dispostas em cima das mesas. Junto a esse espaço também fica o balcão do parrillero, onde são preparadas as carnes na grelha. Acabamos optando por ficar nesse espaço, que eu achei lindo.

Nos dois ambientes do primeiro piso, a rusticidade fica por conta de duas paredes de tijolos e dos objetos de cobre pendurados em uma delas. Outro aspecto interessante é o cuidado com a iluminação, deixando o foco de luz apenas nas mesas.

No andar superior, aberto na sexta à noite e nos finais de semana, o espaço é amplo, perfeito para eventos ou reuniões de negócios. Um pouco mais sóbrio, o destaque desse ambiente fica por conta dos lustres, da parede repleta de vinhos e objetos antigos, e dos quadros pendurados na parede. Aliás, várias das antiguidades que são utilizadas na decoração do Malbec estão à venda, basta solicitar o catálogo de antiguidade deles e consultar os preços. Com os três ambientes, o restaurante tem capacidade para 120 pessoas.

Os pratos

A fome já estava batendo, então decidimos escolher nossos pratos. Não pude deixar de reparar nos cardápios, que são lindos. Além disso, a variedade de pratos oferecidos também me surpreendeu, tem opções para todos os gostos. A especialidade do Malbec são os grelhados de cortes especiais de carnes bovinas, peixes e aves, mas você também pode escolher entre saladas, sopas, cremes, risotos, massas, peixes e o tradicional fondue.

Como as sugestões de carnes são todas para duas pessoas, e nós queríamos provar dois pratos, optamos pelo Risotto Mar e Montanha, com camarões e cogumelos frescos, temperados com açafrão, e o Ossobuco, cozido no vapor de ervas e vinho branco, e guarnecido com risotto à milanese, que consta no cardápio como sugestão do chef.

Os preços

Nossos pratos custaram R$ 43,90 e R$ 42,90, respectivamente. Tirando as saladas, sopas e cremes, que são mais baratas, o restante fica nessa média de preço. Os risotos, massas e peixes ficam entre R$ 35,50 e R$ 43,90, as aves, para duas pessoas, custam entre R$ 63,50 e R$ 78,00, e as carnes, também para duas pessoas, vão de R$ 78,50 a R$ 98,00. Já o fondue custa 69,00 reais a sequência.

A nossa experiência gastronômica

Enquanto aguardávamos os nossos pedidos, recebemos um excelente antepasto, composto por manteiga aromatizada, tomates desidratados, lascas de queijo parmesão, capponata e pães, inclusive um com vinho. Os pratos principais demoraram um pouco pra vir, mas nesse meio tempo, você pode aproveitar para observar a movimentação da Borges e curtir um pouco mais do ambiente do Malbec, enquanto aprecia um vinho. O restaurante oferece mais de 190 rótulos.

Logo depois, recebemos os pedidos e a nossa ansiedade chegou ao fim. O risoto era meu, mas eu não resisti e provei o Ossobuco, e mesmo os dois pratos estando deliciosos, me apaixonei pelo Ossobuco. Recomendo fortemente! A apresentação dos pratos também estava linda.

De sobremesa, aceitamos a sugestão do Josiano Schmitt, um dos donos do Malbec, e experimentamos o Parfait, sorvete de creme e frutas flambadas em licor. Um toque especial para encerrarmos a noite da melhor maneira possível.

Malbec Restaurante - Mapa de Gramado. Foto: Bárbara Keller

Mais informações

O Malbec abre diariamente, das 11h30min às 23h30min. Assim, além do almoço e da janta, você pode aproveitar para conhecer o deck à tarde, ou para um happy hour, onde é possível degustar as “comidinhas de boteco” acompanhado do chopp de Gramado, o Rasen Bier. O restaurante também oferece transporte gratuito para quem está hospedado em Gramado.

Com ambiente climatizado, boa música, atendimento excelente e comida de qualidade, o Malbec é um bom lugar tanto para um jantar romântico quanto para uma refeição entre amigos, ou em família. A qualidade do restaurante vai desde o cuidado com a decoração, o requinte nos detalhes, até a limpeza e organização da cozinha, que eu tive e a oportunidade de conhecer, a convite do próprio dono. É, sem dúvida, um local a ser visitado durante a sua viagem a Gramado.

Endereço: Av. Borges de Medeiros, 2101 – Centro. (em frente à rodoviária).

Mapa

Horário de atendimento: Diariamente, das 11h30min às 23h30min.

Site do Malbec Restaurante

Telefone: (54) 3286-5174.

Página no facebook

E-mail: [email protected]

Veja mais fotos do Malbec

Veja também

Praça das Etnias

Escrito por

Gustavo Heldt

Cocriador dos sites Mapa de Londres e Mapa do Mundo. Cofundador da agência de conteúdo Redator Hacker. Atualmente, dedicado ao projeto Investimento em Fundos. Conecte-se comigo no Instagram :)