Descubra o que fazer em Manaus, o coração da região Norte

Já imaginou explorar o Norte do país? Bem ao centro da maior floresta tropical do mundo, encontrar o que fazer em Manaus não é tarefa difícil. A capital do Amazonas é repleta de atrações para os viajantes.

Manaus é uma cidade portuária e histórica – fundada há 346 anos-, e também o centro financeiro, econômico e corporativo de toda a região Norte. Além de oferecer amplas possibilidades de ecoturismo, por conta da Floresta Amazônica, o município conta com um patrimônio cultural e arquitetônico notável.

Museus, templos, teatros, palácios e bibliotecas são parte da estrutura da cidade. Isso sem falar na gastronomia disponível, com algumas delícias típicas da região: costela de tambaqui, camarão amazônico e bolinho de bacalhau representam apenas alguns dos sabores regionais que deixam qualquer um com água na boca.

Nós garantimos: em Manaus, você pode fazer uma viagem urbana e natural – simultaneamente. Quer saber como? Então fique de olho nas dicas a seguir.

Manaus, Amazonas
Manaus conta com um patrimônio cultural e arquitetônico notável. Foto: iStock, Getty Images

O que fazer em Manaus? 5 dicas imperdíveis

Preparado para tomar nota de tudo que a cidade mais populosa do Amazonas tem a oferecer? Observe, a seguir, cinco sugestões do que fazer em Manaus e aproveitar ao máximo a sua viagem:

1. Conhecer o Teatro Amazonas

Teatro Amazonas
Teatro Amazonas, em Manaus. Foto: iStock, Getty Images

Situado no largo de São Sebastião, bem no centro de Manaus, o Teatro Amazonas é um dos mais imponentes símbolos da riqueza da região no período do Ciclo da Borracha. Inaugurado em 1896, o local é um verdadeiro cartão postal, com arquitetura riquíssima em detalhes.

Na cúpula externa, mais de 19 mil ladrilhos formam um desenho que homenageia a República do Brasil. Isso sem falar que cada sala possui um detalhe diferente – seja uma pintura, um objeto ou um traço arquitetônico. Vale a pena desembolsar R$ 10 e fazer o tour guiado por dentro do local.

2. Contemplar o Encontro das Águas

Encontro das Águas
Fenômeno de Encontro das Águas na capital do Amazonas. Foto: iStock, Getty Images

O chamado Encontro das Águas é, na verdade, um fenômeno que consiste na confluência entre o rio Negro (de águas escuras) e o rio Solimões (de águas barrentas). De forma impressionante, eles percorrem um trecho de seis quilômetros lado a lado – mas sem efetivamente ficarem misturados, já que suas velocidades e densidades são distintas.

O fato é que o resultado se parece com uma tela pintada pela natureza. Vale a pena acompanhar e tirar fotos. A dica para contemplar a atração é fazer um passeio de barco no no Parque Ecológico do Janauari.

3. Visitar a Arena Amazônia

Arena Amazônia
Arena Amazônia, em Manaus. Foto: Chico Batata/Agecom

Inaugurada em março de 2014, a Arena Amazônia foi construída especialmente para a Copa do Mundo FIFA no Brasil e tem sua arquitetura inspirada na Floresta Amazônica. Com 32m de altura e capacidade para mais de 40 mil pessoas, o estádio foi palco de jogos entre Brasil e África do Sul e Brasil e Colômbia durante a competição.

Vale a pena conhecer a mega infraestrutura – mesmo que você não seja um grande fã de futebol. A Arena fica na Av. Constantino Nery, número 5001 e o valor do ingresso para uma visita guiada é de R$ 20,00.

4. Passear pelo Arquipélago das Anavilhanas

Arquipélago das Anavilhanas
Arquipélago das Anavilhanas, em Manaus. Foto: Priscila Santos

Se o seu objetivo em Manaus é ficar imerso em meio à exuberância da natureza, a sugestão é visitar o Parque Nacional de Anavilhanas. Ele abrange nada menos que 400 ilhas e possibilita que o turista faça passeios com pequenos barcos (chamados de voadeiras), pelas florestas inundadas (conhecidas como igapós).

Por lá, também é possível vislumbrar as mais variadas espécies de animais: de cobras a preguiças e aves. Perfeito para esquecer a civilização por alguns minutos. No site do parque constam mais informações sobre como chegar ao local e todas as atrações disponíveis.

5. Ver o Palácio Rio Negro

Palácio Rio Negro
Palácio Rio Negro, em Manaus. Foto: Carla Lima

Localizado na Avenida Sete de Setembro, bem no centro de Manaus, o Palácio do Rio Negro foi inaugurado em 1911 e reconta um pouco da história da região. Seu nome original era Palacete Scholz, pois foi construído pelo alemão Waldemar Scholz, considerado o “Barão da Borracha” nos tempos áureos do município.

A estrutura amarela também foi sede do governo e, atualmente, oferece exposições permanentes e temporárias. Dentro dela estão diversos salões e uma biblioteca que estampam charme e sofisticação. É possível fazer uma visita guiada gratuita no local. Não vai perder a oportunidade, né?

Passeios e gastronomia em Manaus

Viu só como é fácil encontrar o que fazer em Manaus? Basta organizar um bom roteiro e você certamente poderá vivenciar momentos inesquecíveis na cidade. Durante o dia, vale conhecer os pontos turísticos do centro histórico, contemplar os edifícios históricos citados e fazer trajetos de barco ou trilhas para curtir a natureza.

Já à noite, as melhores opções são conhecer o Shopping Manauara – que tem uma pequena floresta em seu interior – e jantar em um bom restaurante ou bar. Ah…e quando o assunto é gastronomia, alternativas não faltam no Norte do país.

Uma sugestão é programar uma visita ao Banzeiro, um restaurante que oferece delícias como tambaqui com crosta de castanha e petit gateau de cupuaçu. Mais simples, mas nem por isso menos delicioso, o restaurante Da Terra conta com um menu variado: entre as opções, estão um tambaqui assado ou pirarucu à milanesa.

A vida noturna em Manaus não é muito agitada. Mas, se você quiser curtir música ao vivo, boas cervejas e deliciosos petiscos, o bar O Chefão – totalmente inspirado no filme “O Poderoso Chefão”  – é uma alternativa. Ele fica na Rua Ferreira Pena, número 50, no centro da cidade.

Outra alternativa é a Cachaçaria do Dedé, um bar perfeito para o happy hour. Lá, além de tradicionais petiscos como linguiça, queijo de coalho e costelinha de porco, você tem a possibilidade de degustar um saboroso escondidinho de pirarucu. Fica na Rua do Comércio, número 1003.

E aí, viu como tem o que fazer em Manaus? Já visitou a cidade? Como está o seu roteiro? Comente!

Deixe uma resposta