Turismo na Floresta Amazônica: tudo o que você precisa saber

Muitas vezes, ao buscar destinos que prometem aventuras ecológicas, nos esquecemos de que uma das melhores opções fica aqui no Brasil. Já imaginou fazer turismo na Floresta Amazônica? Se antes essa era uma opção restrita apenas aos corajosos, hoje as alternativas para conhecer a região são amplas.

Atualmente, o turista que ruma à floresta – eleita uma das sete maravilhas da natureza – pode optar por uma imersão total em meio à vegetação nativa, ou ficar hospedado em Manaus e arredores. Há passeios mais ou menos radicais – dependendo do estilo de viagem que o viajante busca.

Mas fora a estadia, ainda há muitas questões que permeiam a ideia do turismo na Floresta Amazônica: qual é a melhor época para viajar? É necessário fazer vacinas? O que levar na mala? Neste artigo, vamos explicar todos os detalhes.

Floresta Amazônica
Floresta Amazônica é opção de ecoturismo no Brasil. Foto: iStock, Getty Images

4 dicas essenciais de turismo na Floresta Amazônica

Então, preparado para tirar todas as suas dúvidas? Descubra, a seguir, as informações essenciais para programar seus dias de ecoturismo na mais bela e extensa floresta do mundo:

1. Hospedagem

Atualmente, é possível encontrar hospedagem nas mais variadas faixas de preço em Manaus, capital do Amazonas, ou arredores. Há, sim, opções mais simples para quem deseja usufruir 100% da experiência na selva. Mas existem hotéis numa linha rústico-chique, com excelente infraestrutura, televisão, ar condicionado e água quente.

Outra possibilidade é passar as noites em um cruzeiro. Essa é uma alternativa interessante, já que no navio você poderá percorrer distâncias e contemplar um cenário diferente a cada dia. No meio da selva, porém, o contato com a natureza e os povos locais é mais intenso.

Algumas opções de hotéis são o Anavilhanas Jungle Lodge, o Tiwa Amazonas Eco Resort e o Amazon Ecopark. Em relação aos cruzeiros, há alternativas de embarcações como a Amazon Clipper Cruises e o  Iberostar Grand Amazon.

2. Atrações

Atrações ecológicas não faltam na Floresta Amazônica. Por exemplo: a chamada focagem, passeio que consiste na observação de jacarés, caminhadas pela mata, visitas às comunidades indígenas e pesca de piranhas. Os próprios hotéis de selva e cruzeiros geralmente oferecem uma programação diária de atividades.

Em Manaus, também é possível contemplar diversos pontos turísticos. Lá estão o Teatro Amazonas, o Palácio Rio Negro, a Arena Amazônia e várias outras atrações.

3. Época e tempo de estadia

Qual o melhor período do ano para programar uma viagem até a Floresta Amazônica? Não existe uma única resposta. É possível aproveitar o local em qualquer época. Mas é bom ter em mente que, na região Norte, o clima varia: de dezembro a maio, o período é mais chuvoso. Isso é bom para fazer passeios de barco e conhecer as florestas inundadas.

Já no período mais seco, de julho a novembro, é possível usufruir melhor das praias fluviais – elas ficam escondidas quando os rios estão cheios. Essencialmente, porém, faz calor e chove o ano todo.

E quanto tempo é necessário passar na Floresta para absorver bem a atmosfera local? No mínimo, cinco dias são essenciais para curtir todos os passeios. É claro que isso depende do quanto você realmente quer ficar imerso na selva. Quanto mais tempo permanecer, mais poderá explorar.

4. Vacinas

Sim: é importante estar em dia com as vacinas antes de embarcar rumo à floresta. Não há obrigatoriedade, mas é recomendado estar em dia com a vacina contra febre amarela e tétano.

Lembre-se, também, de levar alguns medicamentos básicos para eventuais dores no corpo, por exemplo. Em meio à selva será difícil encontrar.

Turismo na Floresta Amazônica: o que levar na mala?

A resposta para essa pergunta não é difícil de imaginar. Os trajes devem ser voltados ao turismo ecológico: roupas leves e confortáveis, chapéu, peças de banho, calças compridas, tênis e capa de chuva.

Tenha também alguma quantia de dinheiro em mãos: cartão de crédito não é muito popular na mata. Repelente é outro item essencial para evitar os mosquitos, assim como o protetor solar para cobrir o risco de qualquer queimadura.

E aí curtiu as dicas de turismo na Floresta Amazônica? Pretende conhecer a selva em breve? Já visitou? Comente!

Deixe uma resposta