Como fazer um passeio de escuna em Paraty

Escuna
Gustavo Heldt

É bem comum que, em diferentes praias brasileiras, os turistas apostem em atividades tradicionais para explorar ao máximo os cenários encantadores locais. No litoral sul do Rio de Janeiro, o passeio de escuna em Paraty é um dos mais procurados para conhecer ilhas e praias em meio à natureza. ????

A parte mais difícil é escolher o passeio ideal, já que as embarcações oferecem roteiros variados, combinando diferentes paradas. Entre tantos destinos ecológicos, como encontrar a melhor opção de acordo com o seu desejo e, claro, orçamento?

É isso que vamos mostrar a seguir. ????

Escuna
Passeio de Escuna é um dos mais procurados em Paraty. Foto: iStock, Getty Images

Dicas para o seu passeio de escuna em Paraty

O primeiro passo para descobrir as opções de passeios de escuna é pesquisar sobre as agências de turismo na região. Elas organizam os trajetos e disponibilizam os barcos – cada um com uma proposta diferente. Existem escunas enormes, com capacidade para até 120 pessoas e música ao vivo, e outras menores e mais intimistas.

Uma possibilidade é se dirigir ao Centro Histórico de Paraty, na Av. Roberto da Silveira, onde ficam as principais agências da cidade – a exemplo da Paraty Tours, da Albatroz e da Eco Turismo Paraty. Lá, você pode obter informações mais específicas sobre passeios disponíveis e roteiros. Os preços começam em cerca de R$50 por pessoa.

Depois de verificar as informações sobre as ilhas incluídas nos passeios de escuna, dê uma verificada nas imagens da internet. Assim, você pode escolher uma opção que contemple os lugares que você deseja conhecer. Em Paraty, a Ilha Comprida, a Praia da Conceição, a Praia do Lula e a Lagoa Azul são imperdíveis.

Algumas escunas oferecem lanche e almoço a bordo, por um valor cobrado à parte. Na maioria dos barcos também é possível comprar bebidas ou alugar equipamentos como máscaras de mergulho, caso você queira nadar em meio às águas cristalinas. De fato, os passeios costumam ser bem completos.

No dia do passeio, procure acordar um pouco mais cedo. A maioria das escunas partem entre 9h e 10h30, direto do cais do Centro Histórico de Paraty. Os trajetos duram até cinco horas. Outra possibilidade, caso você viaje até o litoral com um grupo de amigos, é negociar um trajeto personalizado com os barqueiros que ficam no local.

Atrações de Paraty 

Nem só de passeio de escuna e cenários paradisíacos é feita Paraty. O município carioca reserva várias outras atrações aos turistas. O Centro Histórico da cidade, erguido entre os séculos 18 e 19, mantém traços originais do período: é repleto de casarões coloniais e igrejas para os visitantes contemplarem. Lá também é possível encontrar restaurantes, bares e feirinhas de artesanato.

Na área, ficam ainda alguns cartões-postais do município, como a igreja de Santa Rita, construída em 1722. Paraty também é um ótimo destino para quem gosta de trilhas em meio ao verde: você pode percorrer o caminho até o Morro do Forte, monumento erguido em 1703 para prevenir invasões piratas. De lá, é possível contemplar uma vista panorâmica da Baía.

E aí, o que achou das dicas de passeios de escuna em Paraty? Tem vontade de investir na atração? Já experimentou? Comente. ????

Compartilhe:

Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Planeje novas viagens

Assine o Mapa do Mundo para receber conteúdos exclusivos e ficar por dentro de todas as dicas de viagem.

Uma resposta

  1. Comprei um passeio na agência Albatroz Turismo em Paraty, barco turbo 2,este quebrou na marina, ficamos presos no barco por quase 3 horas e ao ir receber o dinheiro do passeio que não ocorreu fui agredida verbalmente pelo dono da empresa, sr. Luiz, alcoolizado. Não recebi o reembolso e fui humilhada e colocada para fora da agência. NÃO INDICO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Destinos

Colônia do Sacramento, Colonia del Sacramento
espanha

História de Colonia del Sacramento

Sobre Últimos Posts Gustavo HeldtCocriador dos sites Mapa de Londres e Mapa do Mundo. Cofundador da agência de conteúdo Redator Hacker. Atualmente, dedicado ao projeto